Cláudio Roberto 7c670082 d5a2 4a28 9bf3 f3db689304e5 Vereador Léo Saturnino, em seu primeiro mandato

O vereador Léo Saturnino (PMDB) diz que não vê a hora da prefeitura de Arapiraca ‘botar a máquina pra funcionar’. Ele questiona a falta de empenho do prefeito de Arapiraca, Rogério Teófilo (PSDB) para minimizar os problemas da cidade, notadamente nas áreas de iluminação, falta de medicamentos e profissionais de saúde, iluminação e limpeza pública. 

Por vezes seguidas, Léo tem encontrado populares que pedem para que o vereador mantenha contato com as secretarias municipais de Serviços Públicos e de Saúde para atender estes pedidos que tem se tornado rotineiros e, em alguns casos, o problema tem causado transtorno à população que fica vários dias sem a coleta de lixo domiciliar em alguns bairros da Cidade. 

Ao falar sobre a iluminação pública, na Tribuna da Câmara, Léo Saturnino disse que em vários bairros a escuridão é grande e até foi informado, por pessoas que trabalham na secretaria de serviços municipais, que o material elétrico vai demorar cerca de 40 dias para chegar e que, por conta disso, braços e lâmpadas não podem ser trocados neste momento. 

“Isso é falta de planejamento. O governo já tem mais de nove meses e não pode reclamar de falta de recursos ou botar a culpa na gestão passada. Os problemas existem e precisam ser resolvidos. A população continua pagando impostos e tem o direito de cobrar. Lixo que se acumula nas ruas por vários dias, por exemplo, isso é inadmissível”, disse Léo.   

O vereador destacou que na Feira Livre da Fumageira a coleta do lixo não é realizada adequadamente, deixando os restos de alimentos comerciados no local e que o mau cheiro é insuportável. Ainda de acordo com o parlamentar, até as bancas são colocadas próximas aos esgotos. 

“Eu não sei como a secretaria de Vigilância Sanitária fiscaliza tanto os restaurantes e não faz o mesmo com essas bancas que colocam em risco a saúde da população”, desabafou o parlamentar.