66fa3fea 41f6 48c0 9dd6 1b1ef16cffda

A prefeitura de Pilar doou um terreno para o Estado de Alagoas, situado no bairro do Bonfim, para que seja construído um Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) do tipo 2 no local. Com 3.600 m², o espaço abrigará equipes das policiais militar e civil, fortalecendo o policiamento e ajudando a diminuir os índices de criminalidade na região. A ordem de serviço deverá ser assinada em outubro.

A solenidade ocorreu no Salão de Despachos do Palácio da Republica dos Palmares, contando com a presença do governador de Alagoas Renan Filho; do secretário de segurança pública, coronel Lima Júnior; do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Marcos Sampaio; do delegado-geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira; do prefeito, Renato Filho, e vereadores de Pilar.

A construção está prevista para durar quatro meses, tendo um custo de aproximadamente R$ 4,2 milhões aos cofres do Estado. De acordo com Renan Filho, o policiamento no município deve triplicar.

“Atualmente contamos com apenas quatro policiais militares para fazerem a segurança em todo território pilarense, com o CISP, e posteriormente, com a implantação do Força Tarefa, este efetivo deve pular para 12 homens, um aumento significativo e extremamente importante para a cidade”, explicou o governador.

Com 3.600 m², o espaço abrigará equipes das policiais militar e civil

Já o comandante-geral da PM citou os benefícios estruturais que os Centros Integrados oferecem a sua tropa.

“São instalações confortáveis, bem equipadas e com todo suporte para que nossas equipes possam trabalhar de forma a atender às demandas da população”, afirmou Marcos Sampaio.

O Governo já inaugurou oito Centros Integrados de Segurança Pública, contemplado os municípios de Boca da Mata, Murici, São José da Laje, São José da Tapera, Girau do Ponciano, Ouro Branco, Cajueiro e Viçosa. A meta é chegar em 20 CISPs até o final de 2017.