Foto: Vanessa Alencar/CadaMinuto/Arquivo 0e9252c8 5d76 495b 8a89 bf60fa6f3d94 Zilneide Lages

Após acompanharem os reajustes salariais concedidos aos servidores do Poder Executivo, Ministério Público e Defensoria Pública e a movimentação para que os salários também sejam reajustados no Poder Judiciário e no Tribunal de Contas (TCE), os trabalhadores da Assembleia Legislativa (ALE) resolveram lembrar aos deputados que também existem.

Em ofício entregue nesta quarta-feira, 20, a todos os deputados estaduais, a presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Poder Legislativo (STPLAL), Zilneide Lages, solicitou que a Casa elabore – e aprove – um projeto concedendo reposição salarial de 17,63% para os servidores efetivos (ativos e inativos) e pensionistas.

No documento, a sindicalista cita que no biênio 2015-2016 a categoria não foi contemplada com os percentuais de 10,67% e 6,29% da inflação oficial e que as datas-bases de 2010-2014 não toram totalmente recuperadas.

Ela lembra também que os servidores do Executivo, MP e Defensoria já foram contemplados com reajustes correspondentes ao ano passado e que tramita no parlamento um projeto concedendo aumento aos servidores do Judiciário.

No ofício, a presidente cita ainda que foi “ventilado na imprensa local” que, após aprovação do crédito suplementar para o Tribunal de Contas (TCE), será enviado à Casa de Tavares Bastos proposta para reajustar os salários dos servidores da Corte.