Crédito: Assessoria/Arquivo Ab337213 558b 4cad 8abd a5bc3d9e02f0 Deputado estadual Rodrigo Cunha

Ao cobrar algumas informações relativas à transparência no Poder Legislativo, o deputado Rodrigo Cunha (PSDB) chamou a atenção para um fato que, segundo ele, “foge ao bom senso”: com a Gratificação por Dedicação Exclusiva (GDE), alguns servidores comissionados recebem salários (em torno de R$ 21.400) maiores que o dos deputados.

Na sessão desta terça-feira, 19, na Assembleia Legislativa (ALE), Cunha destacou que, na semana passada, a Mesa Diretora atendeu a um dos pontos determinados judicialmente, após ação movida pelo Ministério Público Estadual (MP/AL), em relação à transparência na divulgação das informações: “Hoje quem acessar o site da Assembleia sabe quanto ganha cada servidor, de forma bruta e líquida, com os valores das gratificações”, destacou, lembrando que não foi dada publicidade à mudança.

“São algumas contradições que verifiquei ao analisar o portal da transparência... Verifiquei em simples análise uma situação que foge ao bom senso... Como pode parlamentar receber R$ 20.040, escolher um comissionado para receber R$ 21.400, com a GDE... Como um funcionário ganha mais que o chefe? Tem algo errado”, pontuou o deputado.

Durante o pronunciamento, Cunha também cobrou o resultado do recadastramento dos servidores efetivos da Casa, realizado após a divulgação da auditoria da Fundação Getúlio Vargas (FGV) na folha; e informações sobre a instalação do Setor de Controle Interno, implantação de ponto eletrônico e o parecer da Procuradoria da Casa sobre a auditoria

O parlamentar questionou ainda informações sobre o Projeto de Lei que cria o Diário Eletrônico da ALE, que foi enviado para apreciação do governo sem as emendas de autoria dele e a tramitação de uma matéria do Executivo acerca da transparência.

Todos os pedidos foram protocolados também por meio de ofício destinado a presidência da Casa. O presidente, deputado Luiz Dantas (PMDB) afirmou que as informações solicitadas chegarão às mãos do colega na maior brevidade possível.