89661e89 3a96 40b7 956c 6a84d428991d

Quem me acompanha aqui sabe que sou um crítico ferrenho das gestões de Renan Filho (PMDB) e também do prefeito Rui Palmeira (PSDB). Não tiro uma vírgula das críticas que já fiz a ambos. Todavia, por honestidade intelectual, sempre me comprometo a elogiar quando acho que há acertos tanto do peemedebista quanto do tucano. E aqui, falo especificamente da gestão de Renan Filho. 

No dia 11 desse mês, Renan Filho nomeou o novo secretário de Infraestrutura: o engenheiro-civil Humberto Carvalho. Conheço Carvalho há algum tempo. Já “desenhamos” alguns projetos juntos e conversamos bastante sobre Alagoas, as necessidades do Estado, enxugamento da máquina pública, a vocação que o poder público tem que ter como fomentador da economia e não interventor desta etc. 

O que sempre percebi em Humberto Carvalho? As boas ideias e o compromisso com a desburocratização e a transparência dos atos públicos. Via no gestor esse compromisso na prática, pela forma como agia dentro da Caixa Econômica Federal nos projetos que envolviam os municípios. Carvalho entende o público como um ente que tem que ser facilitador e jamais um obstáculo. 

Sua ida para o comando da Infraestrutura pode ser um lucro para o Estado justamente naquilo que ele se propõe, conforme as entrevistas concedidas à imprensa: acelerar o ritmo sem descuidar da legalidade. Espero que consiga. Competência não falta para o engenheiro-civil. Renan Filho acerta ao privilegiar um nome que compôs a equipe por indicação da ex-secretária Maria Aparecida. 

Discreto, Humberto Carvalho trabalhou muito no governo e sempre em sincronia com outras pastas, como Turismo, Saúde e Esportes, por exemplo. Nas entrevistas concedidas, acertou ao falar da visão prioritária sobre o esgotamento sanitário e o abastecimento de água na região sertaneja, que são problemas crônicos. 

Espero que consiga também trazer uma mudança de mentalidade na atuação da pasta, que é uma secretaria bastante visada. Carvalho se importa com números e resultados, desprezando cores ideológicas ou partidárias. Sei disso pelas conversas que já tivemos nos últimos anos, antes mesmo dele sonhar em fazer parte do governo Renan Filho ou qualquer outro governo. 

Uma das coisas que admiro no secretário: buscar resultados sem se importar com holofotes. Tanto que acredito que não gostará muito do meu texto colocando-o em posição de destaque. Mas eu seria covarde se não o fizesse. Renan Filho acerta e merece os parabéns pela escolha. Agora, é com Humberto Carvalho transformar uma promessa em realidade. 

Claro: como qualquer outro secretário deve ser cobrado por isso. E, independente da admiração que tenho pelo profissional, já marquei na minha agenda a data de sua posse: 11 de setembro. Por qual razão marquei? Ele mesmo pediu para que a imprensa cobrasse dele o novo ritmo em seis meses. Fiz uma pesquisa rápida sobre várias obras do governo e cobrarei dele. 

A declaração de Renan Filho sobre o novo secretário vai no sentido correto: “O caráter técnico é a principal referecia da indicação do Humberto. Quando eu assumi o governo, a Maria Aparecida (ex-secretária) sugeriu o nome do Humberto para a Secretaria Executiva. Agora, ela recebeu um convite para ir à iniciativa privada. Então, como solução natural, nós fizemos a indicação de uma pessoa que já conhece o trabalho, que tecnicamente tem competência para tocar adiante”. 

Também destaco duas declarações do novo titular da Infraestrutura: 

“Temos como prioridade acelerar o ritmo de execução das obras mais importantes para o nosso Estado. Um exemplo é o sistema adutor da Bacia Leiteira, que já está com sua primeira etapa praticamente concluídas e com a segurança prestes a iniciar, beneficiando a região que mais sofre com a escassez hídrica”. 

“Vamos buscar equacionar a questão financeira, junto aos Ministérios, que são nossas principais fontes de recurso para tocar as obras. E, em paralelo, vamos modernizar a pasta, dar musculatura, corrigir alguns rumos, ampliar nossa comunicação e mostrar que, mesmo na dificuldade, podemos avançar. Deixaremos a pasta pronta para que, quando o ciclo econômico melhorar, a gente esteja com a Secretaria totalmente preparada e à altura dos desafios do Estado de Alagoas”.

No mais, é desejar boa sorte! 

Estou no twitter: @lulavilar