07e97b4c 01a7 474f a15b 19005a6f336e

O secretário da Segurança Pública de Alagoas, Lima Júnior, falou à imprensa, nesta quarta-feira (13), das ações realizadas pela pasta para combater o crime no Estado. Ele destacou o trabalho integrado que vem sendo realizado e coloca Alagoas na contramão dos demais estados, onde os índices de criminalidade apresentam alta.

Questionado sobre possíveis fatores que levaram Alagoas a registrar aumento no número de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI) em alguns meses do ano de 2017, Lima Júnior explicou que a elevação nos três primeiros meses do ano foi em decorrência da guerra entre grupos criminosos, fato que ocorreu em todo o país.

Porém, a partir de abril , segundo o secretário, as ações de Inteligência e o trabalho integrado realizado pelas forças da Segurança Pública conseguiram frear a escalada dos crimes e alçar Alagoas a um patamar de redução de vários índices de violência, contrastando com estados vizinhos e com outras regiões do país.

“Temos trabalhado forte na prisão de homicidas, na desarticulação de organizações criminosas e combatendo as lideranças das facções. Isso tem trazido resultados que vão na contramão dos números do país. O crescimento dos homicídios é uma questão nacional e tem preocupado, inclusive, o Governo Federal, pois são resultado da atuação de facções no país. Por isso iremos continuar combatendo, Para que possamos estabilizar os números de Alagoas e continuar na contramão do Brasil”, afirmou.

Entre as principais reduções de crimes, o secretário da Segurança Pública destacou a expressiva queda no número de roubo a coletivos, que chega a 70%; o número de roubo a bancos  e assaltos a estabelecimentos comerciais, que caiu 32%, e dos homicídios. A tendência, segundo Lima Júnior, é que haja estabilização dos números de homicídios e outros crimes, principalmente em Maceió.

“O trabalho agora é superar os números do ano passado. A estratégia é combater o crime, intensificando o trabalho de Inteligência. Se olharmos para os estados vizinhos, estamos num patamar muito melhor. Outra prova do êxito das nossas ações é o trabalho conjunto feito com as polícias de outros estados. Tivemos várias operações conjuntas e conseguimos apreender grandes quantidades de drogas que viriam para Alagoas, como também desarticulamos grupos criminosos. Vamos seguir combatendo quem ousar afrontar o Estado”, finalizou o secretário Lima Júnior.