367f6e48 40cd 490e b73e c764dec95842

Incentivar crianças e jovens a participarem, e se manterem, ativos nos esportes até a vida adulta. Esta é a proposta do projeto Correndo para o futuro, coordenado pela professora de educação física Karlla Emanuelle Ferreira Lima Paiva, e desenvolvido com cerca de estudantes das redes pública e privada de Arapiraca.

Iniciado em 2013, o projeto começou com quatro estudantes e, hoje, conta com cerca de 40. Além de manter uma rotina de treinos, os jovens também participam de competições em todo o País. Eles já estiveram em Maceió (AL), Natal (RN), Recife (PE), Uberlândia (MG), Belo Horizonte (MG), Fortaleza (CE), Cuiabá (MT) e João Pessoa (PB).

O foco do projeto é o atletismo. “Participamos de todos os campeonatos alagoanos realizados pela Federação Alagoana de Atletismo (FAAT), bem como de corridas de rua em nosso Estado. Nestas competições, com frequência, ocupamos as primeiras colocações em todas quase todas que participamos”, destaca a coordenadora.

Alysson de Araújo Lima, 21 anos, graduando em educação física, está no projeto há mais de um ano. “O projeto me possibilitou participar de competições estaduais e nacionais. Sempre tive um sonho de ser atleta, porém nunca tive oportunidade ou alguém que me orientasse e direcionasse, até a professora Karlla me aceitar no projeto”, revelou o jovem que tem conquistado resultados expressivos.

O projeto conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Arapiraca e de empresas privadas, como a Fórmula Academia, onde quatro jovens atletas treinam duas vezes por semana, como qualquer aluno da empresa. “A Fórmula cede o espaço – com acesso a todas as máquinas, e o professor para o treinamento de força dos meninos”, frisa o coordenador Christian de Andrade.

Para o estudante Matheus Ferreira de Lacerda, de 17 anos, participar do projeto foi a porta de entrada para a prática esportiva. “Através do projeto conheci o esporte que mudou a minha vida, o atletismo”, afirma. E ele ainda ganhou o apoio de empresas e profissionais locais, como a Fórmula Academia, nutricionista Renata Marinho e Muscle Suplementos, além do patrocínio da Oops Telecom e Serdil. 

Matheus, que hoje está incluído em um projeto autônomo de carreira, continua focado nos treinos na Fórmula Academia. “Para se manter preparado para competir não tem segredo, você tem que treinar e é por isso que ao invés de estar na rua ou em casa jogando vídeo game, estou treinando e ocupando minha mente”, filosofa.