5fad468b f1aa 4d4e a7a3 3dc0fabc4b4f

 

Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio, com intuito direto de divulgar e alertar a população a respeito da realidade do suicídio no Brasil e no mundo e suas formas de prevenção. Setembro também é mês oficial voltado à inclusão social das pessoas com deficiência.

Com isso o Complexo Multidisciplinar de Equoterapia Tarcizo Freire vai promover na próxima semana ações e atividades educativas em alusão ao mês de setembro.

O objetivo é dar visibilidade ao assunto, chamar a atenção da população para salvar vidas, além de buscar novos caminhos e como forma de divulgar as lutas por inclusão social.

Dentre as ações adotadas pela instituição, haverá palestras com psicólogos e fisioterapeutas, debates, orientações, apresentação do coral Mães Unidas e distribuição de folhetos informativos.

Para o psicólogo e gerente do Complexo Michel Pereira, a quantidade de pessoas que tiram a própria vida vem crescendo ao longo dos anos em todo o Brasil. Segundo ele, é importante alertar a população sobre a necessidade de se falar a respeito do problema, que é o suicídio.

O Suicídio é um problema de saúde pública que vive atualmente a situação do tabu e do aumento de suas vítimas. Pelos números oficiais, são 32 brasileiros mortos por dia, taxa superior às vítimas da AIDS e da maioria dos tipos de câncer. Tem sido um mal silencioso, pois as pessoas fogem do assunto e, por medo ou desconhecimento, não veem os sinais de que uma pessoa próxima está com ideias suicidas.

A esperança é o fato de que, segundo a Organização Mundial da Saúde, 9 em cada 10 casos poderiam ser prevenidos. É necessário à pessoa buscar ajuda e atenção de quem está à sua volta.