Dba1d6ec f6d8 4e4b a8e1 db09079744df

Com 66 km de extensão e investimentos de R$ 41 milhões, o gasoduto Penedo–Arapiraca está em sua fase final de implantação. A obra é aguardada por todos da região, na esperança de que novas indústrias se instalem no município, o comércio revigorado e novos empregos sejam gerados na região.

A implantação do gasoduto é um compromisso do governador Renan Filho (PMDB) e do vice-governador Luciano Barbosa (PMDB), para dinamizar ainda mais o desenvolvimento social e econômico de Arapiraca e de todo o Agreste.

A quarta e última etapa da obra continua em ritmo acelerado. Os dutos já passaram pelo bairro Batingas, e agora estão sendo colocados em toda a extensão da Rodovia AL-110, nas imediações do Posto Jota Pinto, na área urbana de Arapiraca.

Na manhã desta terça-feira (12), representando o governador Renan Filho, o vice-governador e secretário de Estado da Educação, Luciano Barbosa, visitou o canteiro de obras ao lado do presidente da Algás, Arnóbio Cavalcanti, diretores, engenheiros e técnicos da empresa distribuidora de gás natural em Alagoas.

A comitiva também contou com a presença do superintendente de Interiorização do Governo de Alagoas, Josenildo Souza, vereadores Léo Saturnino (PMDB), Fábio Henrique (PC do B), entre outras lideranças políticas, empresariais e comunitárias do município.

“Arapiraca tem uma vocação natural para o desenvolvimento. Faltava essa alternativa energética para dar mais competitividade ao empresariado, fomentar a geração de novos empregos e promover o crescimento regional”, afirmou o vice-governador Luciano Barbosa.

O gasoduto deverá abastecer não só o segmento industrial, mas também postos de combustíveis que comercializam gás natural veicular (GNV) para, em seguida, chegar até as residências.

“Os atributos desse combustível como baixo custo e rentabilidade atraem a atenção dos empresários. O gás natural é entendido como um vetor estratégico para estimular o desenvolvimento sustentável do Agreste”, destacou.

Luciano Barbosa fez questão de lembrar que o governo estadual vem executando outras obras estruturantes em Arapiraca, a exemplo da duplicação da Rodovia AL-110 para, em breve, fazer a interligação com as obras de duplicação da AL-220 até Maceió, além da implantação do aeroporto, o novo distrito industrial e de uma Ceasa.

“Com todas essas condições favoráveis, temos a certeza de que essa região será, em breve, o grande motor do desenvolvimento em toda a Região Nordeste”, argumentou.

O presidente da Algás, Arnóbio Cavalcanti, revelou que as obras do gasoduto estão com suas etapas 90% concluídas. Ele adiantou que os dutos irão até o bairro do Planalto, em frente ao Grupo Coringa, e a distribuidora continua trabalhando para que os serviços sejam concluídos até março do próximo ano.

O gasoduto vai operar em alta pressão de 340 metros cúbicos e deverá abastecer não só o segmento industrial, mas também postos de combustíveis que comercializam gás natural veicular (GNV) e depois para as residências.