Foto: Reprodução/Vídeo/ Arquivo Fae98bc9 eb82 4dd3 9377 212021b04b51 Senador Renan Calheiros

O senador por Alagoas Renan Calheiros (PMDB) usou mais uma vez as redes sociais para se pronunciar, após o procurador-geral da República, Rodrigo Janot pedir o arquivamento do inquérito que o investigava, no Supremo Tribunal Federal (STF), por obstrução da Operação Lava-Jato, junto com outros integrantes do seu partido. Renan afirmou que "foi uma decisão era esperada", visto que a Polícia Federal não detectou nenhum ato ilícito de sua conduta, e que a acusação foi uma irresponsabilidade.

Renan disse confiar na justiça e que tem certeza de que todas as denúncias decorrentes de delações “fantasiosas” serão arquivadas de forma definitiva.

Rodrigo Janot declarou que embora continue considerando os fatos “de gravidade incontestável”, ponderou ao perceber que depois de revelados os diálogos, do ex-diretor da Transpetro Sérgio Machado, os planos do grupo formado pelos peemedebistas (Renan Calheiros, Sérgio Jucá e José Sarney) não foram levados adiante. Desta forma, não haveria como punir o grupo pelo crime.

Os áudios gravados por Machado, e entregues em delação premiada, revelava conversas gravadas com políticos que arquitetavam um suposto plano para “estacar a sangria” e atrapalhar as investigações da Lava-Jato.

Confira, na Íntegra, a declaração de Renan Calheiros

“Foi uma decisão esperada, já que a Polícia Federal não detectou qualquer ilícito na minha conduta. Essa acusação foi uma irresponsabilidade. Com base nela, Janot pediu – e não conseguiu- minha prisão quando eu presidia o Senado Federal. Depois, usando essas gravações clandestinas, ele pediu meu afastamento do cargo faltando 12 dias para o término do meu mandato como presidente. O STF também negou esse pedido.
É evidente o constrangimento causado por denúncias políticas sem critérios legais, despidas de provas e indícios que justifiquem a sua instauração.
Confio na Justiça e tenho certeza de que todas as denúncias decorrentes de delações fantasiosas serão definitivamente arquivadas.”