133369dc 54bf 47ce a42f 2231146caca4 Grupo de prefeitos espera se reunir mensalmente na busca de soluções

Prefeitos alagoanos têm buscado alternativas cada vez mais, sobretudo para driblar a crise econômica, que tem sido uma constante nesses últimos anos. A situação como se sabe, vem emperrando o desenvolvimento administrativo das Prefeituras, que clamam por melhores condições de apoio dos governos estadual e federal. Por conta da gravidade do problema, prefeitos do Vale do Paraíba se reuniram nesta quarta-feira na cidade de Viçosa. “Fomos discutir em conjunto estratégias integradas de ações que amenizem os efeitos da crise”, comentou o de Atalaia, Chico Vigário, esperançoso por dias melhores. 

Em Alagoas, os prefeitos estão se organizando de forma regionalizada na formação de consórcios. Atualmente podemos destacar consórcios na Saúde, Resíduos Sólidos, além do Cigip- que é o Consórcio Intermunicipal para Gestão de Iluminação Pública. Davi Brandão, anfitrião do encontro de Viçosa, argumenta que recebeu seus amigos prefeitos em sua cidade, a fim de agilizar o quanto antes, medidas que possam ser tomadas de forma conjunta. Davi lamenta a grave redução de recursos nas Prefeituras, principalmente do FPM- Fundo de Participação dos Municípios. “Ficou acertado que mensalmente iremos se reunir, para troca de ideias e experiências exitosas” disse Davi.

Além de Viçosa e Atalaia, também estavam no evento os prefeitos; Marcelo Lima (Quebrangulo) Juliana Almeida (Mar Vermelho), Marcos Lisboa (Paulo Jacinto) e Palmery Neto (Cajueiro). “A nossa ideia é buscar ações de cooperação e integração entre os municípios, para não afetar atividades básicas como Educação e Saúde”, destacou Marcelo Lima.