Foto: Divulgação 52105df2 4eea 4002 bd47 0f07f25598ca Em AVelha, Ivana Iza interpreta uma atriz envelhecida que lida com questões delicadas como a solidão e o envelhecer do corpo.

A atriz Ivana Iza, já conhecida dos alagoanos pelo espetáculo Devassas, leva seu mais recente trabalho, o monólogo AVelha, já sucesso nos palcos da capital, para o 24º Festival Nordestino de Teatro de Guaramiranga, no Ceará. Premiado pelo Edital das Artes Eris Maximiano, da Prefeitura de Maceió, o espetáculo teve ótima repercussão em sua primeira temporada, no teatro do Centro Cultural Arte Pajuçara, entre os meses de abril e maio, levando mais de três mil pessoas ao público.

AVelha, estrelado por Ivana Iza, conta com dramaturgia dela própria, de Tainan Costa Canário e de Flávio Rabelo. O último ainda assina a direção da peça, que também conta com supervisão de Amir Haddad, um dos maiores nomes do teatro brasileiro. O Festival de Guaramiranga, em sua 24ª edição, assim como Haddad, representa muito para a arte no país: é tradicional e relevante.

O espetáculo conta a história de Mag, uma atriz que envelheceu, em um diálogo interno, por vezes cômico, por vezes áspero, sobre a idade e todas as discussões que o envelhecer carrega consigo. A apresentação acontece na noite desta segunda-feira (4), a partir das 19h, no palco do Teatro Rachel de Queiroz.

A atriz reconhece a importância do Edital das Artes, lançado pela Fundação Municipal de Ação Cultural (Fmac) em 2015.   “Eu, particularmente, agradeço a iniciativa da Fundação. Sei perfeitamente do trabalho árduo que o presidente Vinícius Palmeira, exerce”, disse.