Foto: Sinteal / Arquivo 4875513d f8ea 412d a5ea 45511c873268

Professores da rede municipal de ensino de Maceió paralisam as atividades nesta terça-feira, 5. A categoria cobra um reajuste salarial de 7,64%, índice apresentado pelo Ministério da Educação para o piso nacional em janeiro deste ano.

 A categoria realizará um ato para expor as exigências e tentar iniciar uma negociação com a prefeitura. A ação acontecerá a partir das 9h, na Escola Jayme de Altavila, localizada na Rua Dilermando Reis, no bairro da Santa Lúcia. Haverá distribuição de panfletos e os profissionais irão expor as reivindicações para a população.

O Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas (Sinteal) reivindica que a prefeitura apresente a folha de pagamento com detalhes sobre os gastos do município com educação, para que sejam comprovadas as justificativas, dadas pelo Poder Público Municipal de não há recursos suficientes para propiciar aumento de salário para a categoria.

A última greve dos servidores foi suspensa no dia 28 de julho e durou quase uma semana. Durante assembleia, realizada em agosto, ficou definido que a categoria faria ações periódicas contra a proposta de “reajuste zero” apresentada pelo governo municipal.