Ilustração/Internet D1491463 55c1 4685 8562 14efa9eea3f5 Farmácia

O Conselho Regional de Farmácia de Alagoas (CRF/AL) entregou na manhã desta quinta-feira (17) ao Ministério Público Estadual (MPE) em Alagoas, em Arapiraca e na Vigilância Sanitária do município um ofício que pede a interdição de quarenta estabelecimentos ilegais e clandestinos na cidade.

A fiscalização do CRF/AL esteve em Arapiraca entre os dias 4 e 9 de julho e fiscalizou 136 farmácias na cidade, aplicando 80 autos de infração. Quarenta estabelecimentos não apresentavam registro de um farmacêutico há mais de 30 dias e também não tinham registro junto aos órgãos competentes.

“O Conselho não possui poder de polícia, por isso, encaminhamos o nosso relatório aos órgãos competentes para que as providências sejam tomadas. Essa entrega de documentos é um complemento do serviço de fiscalização”, pontuou Robert Nicácio, vice-presidente do CRF/AL.

*Com Ascom CRF/AL