Foto: Internet 510c049b ed33 4608 83b8 77476b6a73f7 Política Suja, não!

Alagoas - repentinamente - passou a ser, principalmente, nos finais de semana, um Estado com várias inaugurações, ordem de serviços e obras em todas regiões. 

Todavia, o que podemos chamar de ano pré-eleitoral ou pré-campanha para os postulantes dos cargos eletivos em 2018. 

Fazer Política, sim! Politicagem, não! 

Contudo, não há nada de diferente do "modus operandi" relativo ao passado. 

Sempre foi assim na República chamada Alagoas e, claro, em qualquer parte do país. Quem pretende ser candidato - um ano antes do pleito - sempre dá "uma carga" na imagem, nos discursos e promessas durante o período que antecede a disputa eleitoral. 

É o que se tem visto diversas vezes nas ações dos Poderes Executivos alagoanos em que - o espaço ocupado pelos convidados - fica até 'pesado' com tantos políticos querendo - no mínimo - sair bem na foto. 

Há sim muita demagogia, promessas renovadas, discursos calorosos e um estilo político arcaico de dizer "eu fiz, eu mandei, eu trouxe, eu vou fazer, eu vou trazer..." e por aí se tem o teor contextual de cada um que se utiliza dos microfones para ser lembrado pelo eleitor. 

Eis que, 2017, antecipa descaradamente - sem tergiversar - um dos maiores embates políticos-eleitorais em Alagoas. 

Ressalta-se, também, que ainda é muita gente com sede de PODER. 

Que a Justiça Eleitoral esteja de olho nas promessas mentirosas em ano pré-eleitoral e, consequentemente, no uso dos Poderes Executivos para benefícios eleitoreiros. 

Por fim, só nós (eu, você e o eleitor) temos o Poder de mudar esta realidade no próximo ano. Lembre-se que o título de eleitor é a arma do cidadão em 2018.

Sigamos para mais um final de semana!

Boa sexta-feira.

Redes Sociais: Kleversonlevy  

Email: kleversonlevy@gmail.com