Foto: Agência Alagoas A0911a99 e4e3 48e8 b4cf 4c8f7b5ecf34 Governador inaugura obras e assina ordem de serviço em Palmeira dos Índios

Ontem, 14, no lançamento das obras de ampliação dos sistemas Caçamba e Canafístula, além da assinatura da ordem de serviço para a construção do perímetro irrigado da barragem do Bálsamo, em Palmeira dos Índios, o que ficou à mostra foi o verdadeiro oportunismo político e do "marketing" em ano pré-eleitoral. 

Por lá, estavam o governador Renan Filho, o senador Renan Calheiros, prefeitos, vereadores, secretários municipais e estadual, deputados estaduais, deputado Carimbão e demais espectadores. 

Entretanto, falar em Bálsamo e Carangueja sem citar o nome do eterno deputado federal Helenildo Ribeiro é uma verdadeira falta de respeito à memória do ex-prefeito. Mas o deputado Carimbão foi o único e o fez em seu discurso!

Ribeiro foi o maior responsável e lutador incansável para que o povo palmeirense pudesse ter um abastecimento de água viável. Fazer o uso político para beneficiar A ou B no ano que antecede o pleito é querer apagar a luta do principal responsável: Helenildo Ribeiro. 

Após o encerramento do 'palanque eleitoral' montado na Praça da Independência, circulou um ofício esclarecendo que os recursos apresentados e aprovados pela União, destinados às construções das barragens no município, foram de indicações do deputado federal palmeirense. 

No documento de 2004, assinado pela bancada federal do período, a ideia de Helenildo Ribeiro foi referendada pela unanimidade dos representantes de Alagoas - à época - no Congresso Nacional.   

"Merece registro quem batalhou pelo Bálsamo. Para que se materializasse, o deputado Helenildo contou com o apoio de muita gente: de toda bancada federal, dos presidentes FHC e Lula, e dos últimos três Governadores que executaram a obra. Além de inúmeras  instituições, a exemplo da Cooperativa de Palmeira. No mais, é apenas 'apropriação indébita', como de costume. A verdade é que obra pública não tem dono. Dono é o povo, que é beneficiário dela. Ao deputado Carimbão, meus cumprimentos pelo apoio na obra e pela delicadeza da lembrança", escreveu Lucas Ribeiro, o filho, em sua página no facebook.

O uso pré-eleitoral do evento que teve a divulgação de chamada - "Governador inaugura obras e assina ordem de serviço em Palmeira dos Índios - nos meios de comunicação oficiais do Estado, só esqueceu de citar os parlamentares que assinaram, inclusive, o documento. 

No entanto, o nome do senador Renan Calheiros e o do ex-governador e ex-senador Teotonio Vilela foram lembrados como os maiores responsáveis das indicações. Tudo bem! 

Porém, vale dizer que a liberação teve ainda a ajuda da bancada que era formada - à época - pela ex-senadora Heloísa Helena e os ex-deputados federais João Caldas, José Thomaz Nonô, João Lyra, Olavo Calheiros, Jurandir Bóia, Benedito de Lira e Rogério Teófilo que ficaram no "vácuo" da lembrança. 

Se há o político que 'mais trouxe benefícios para Alagoas e é importante para o Estado', como dizem aliados, que ele também partilhe das benesses que vieram de Brasília em conjunto com os demais. 

Sabe-se que a política é um jogo jogado. Mas em ano pré-eleitoral é onde tudo acontece para angariar votos do povo. 

Sem falar nos mandatários que estão no interior comunicando que trouxeram de tudo (a velha política do eu trouxe, eu fiz, eu que mandei fazer...) para dar entender que vai melhorar o Estado. Todavia, continuamos sendo o mais pobre do Brasil. 

Em ano pré-eleitoral, ressalta-se que é possível ouvir tudo de bonito, nas palavras e nos gestos, para conquistar ou reconquistar o eleitor. 

Fora isso, sempre existirá o "pai da obra" em qualquer que seja a inauguração.

Lembrando: Política se faz com reconhecimento e não com oportunismo político e eleitoral. 

Parabéns, Helenildo Ribeiro!

O líder - do Bálsamo e da Carangueja - que Palmeira dos Índios não esquecerá. 

Redes Sociais: Kleversonlevy  

Email: kleversonlevy@gmail.com