Foto: Vanessa Alencar/CadaMinuto/Arquivo 1903e53e 92a4 46d8 ad56 b084f5e337bf Cícero Almeida

Durante a sessão de ontem, 8, na Assembleia Legislativa (ALE), ao falar sobre a operação deflagrada pela PF e CGU para apurar supostas fraudes milionárias em licitações realizadas pela Sesau, o deputado Ronaldo Medeiros (PMDB) aconselhou “cautela” em relação aos pré-julgamentos.

Ele lembrou a absolvição, pelo STF, do deputado federal  e ex-prefeito de Maceió, Cícero Almeida (PMDB), no processo conhecido como “Máfia da Merenda”, depois de ele ter sido “execrado” pela sociedade e ter parte da carreira acabada: “Terá que renascer das cinzas”, frisou.

Medeiros também criticou a tímida divulgação, por parte da imprensa, da decisão do ministro Luís Roberto Barroso pelo arquivamento do inquérito, publicada no Diário Eletrônico do STF no dia 2 de agosto deste ano. O ministro acolheu o parecer do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

INSS

Ainda na sessão de ontem, o pemedebista teve aprovado um requerimento solicitando informações e providências por parte do INSS em Alagoas para realização de reforma no prédio sede da Previdência em Maceió. Segundo ele, a edificação está com graves problemas estruturais, colocando trabalhadores e clientes em risco.