Foto: Agência Alagoas E8f12401 417c 4940 88aa 3a8b8fa6b4c2

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) deu início a 25ª Semana Mundial de Aleitamento Materno, junto com as ações do ‘Agosto Dourado’, mês dedicado ao incentivo à amamentação como o alimento exclusivo para os bebês durante os primeiros seis meses de vida.

O evento de abertura aconteceu nesta segunda-feira (31), no Centro Educacional de Pesquisa Aplicada (Cepa), no bairro do Farol, em Maceió, e reuniu técnicos da Maternidade Escola Santa Mônica (MESM) e do Hospital Universitário (HU).

Também participaram da ação médicos, enfermeiros, nutricionistas e coordenadores de atenção básica de Murici, Teotônio Vilela, Pilar, São Luis do Quitunde, Pão de Açúcar e Batalha, que fazem parte do Programa Primeira Infância, que visa desenvolver ações para gestantes e crianças até seis anos.

De acordo com Camila Farias, supervisora de Cuidado à Saúde da Criança, Mulher e Adolescente da Sesau, a amamentação é um momento de ouro da vida das mães e, por isso, a cor dourada foi escolhida para representar a campanha.

“O leite materno é rico em nutrientes e sais minerais necessários para os bebês consumirem durante os primeiros seis meses de vida, fortalecendo o sistema imunológico e, assim, evitando o adoecimento dos pequenos. Além disso, o ato de amamentar é fundamental tanto para a criança como para a mãe. É nesse momento que o vínculo afetivo entre mãe e filho é fortalecido, garantindo o desenvolvimento emocional e um crescimento saudável da criança”, afirmou a supervisora da Sesau. 

O superintendente de Atenção à Saúde da Sesau, José Medeiros, salientou a importância de conscientizar toda a sociedade sobre os benefícios trazidos pela amamentação. “As mamães devem ser incentivadas a realizar o ato de amamentar em todos os lugares, sejam eles públicos ou privados. No ambiente de trabalho, deve ser garantido o direito de as mães amamentarem seus filhos durante os seis primeiros meses de vida”, destacou.

A amamentação também traz benefícios para as mulheres, contribuindo para voltar o útero ao tamanho normal e protegendo contra o câncer de mama e de ovário. Entre as ações do Agosto Dourado será realizado um curso de manejo clínico em aleitamento materno, e uma blitz da amamentação, com uma atividade de panfletagem em frente à Maternidade Escola Santa Mônica.