CM/Arquivo 1300459839ricardo barbosa Ricardo Barbosa

O presidente do PT em Alagoas, Ricardo Barbosa, reagiu às críticas feitas pela ex-vereadora Heloísa Helena (Rede) ao ex-presidente Lula (PT), condenado pela justiça por corrupção e lavagem de dinheiro, atacando a ex-colega de partido, em um texto repleto de insinuações e um recado claro: não fale de nós, que não falamos de você.

Em suas redes sociais, o petista acusou HH de se postar ao lado dos “inquisidores”, quando ela própria já foi vítima da inquisição e relembrou episódios envolvendo a ex-vereadora, destacando, em outras palavras, que a esquerda alagoana ficou caladinha diante deles.

“A ex-vereadora sofreu o peso da mão injusta e inquisidora da moral do estado burguês quando foi acusada (e condenada!) por omissão de rendimentos ao fisco estadual. Seu ‘débito’ aproximou-se a 1 milhão de reais. Ela sabe como dói ter posicionamentos políticos de esquerda combatidos no campo das instituições burguesas. Ela sabe como dói a exposição da imagem de uma lutadora de esquerda nas manchetes dos noticiários de uma mídia comprometida com a versão da direita reacionária”, alfinetou Barbosa.

O presidente do PT/AL lembrou ainda que a esquerda alagoana não fez alarde quando surgiu,  nos bastidores políticos, o boato de que na época em que foi senadora, Heloísa teria se aliado ao então senador Luiz Estevão, no escândalo do “painel eletrônico”.

Ele citou também a aliança de HH com o PSDB no pleito eleitoral de 2014 e destacou que a esquerda não cobrou explicações dos órgãos de segurança pública do Estado acerca do atentado sofrido pela ex-vereadora quando teve a casa metralhada por criminosos ‘que até hoje não foram descobertos, quanto mais punidos’.

Por fim, o petista acusou a ex-vereadora de se valer das agruras pelas quais passa a esquerda brasileira e usou palavras bonitas para dizer que HH age como o “sujo falando do mal lavado”.

Leia também: Rede diz que ataque a Heloísa é próprio de quem tem corrupto de estimação