Ascom/Sinteal 5be82707 f4b9 461a a6f9 6db32fa71248 Servidores da Educação deliberaram por greve

Os servidores da Educação da rede pública de Maceió decidiram, em assembleia geral realizada na tarde desta segunda-feira, 17, entrar em greve por tempo indeterminado a partir da próxima segunda-feira, 24, devido à falta de reajuste salarial pela Prefeitura Municipal. A informação é do Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas (Sinteal).

Também na segunda, acontecerá um ato público, a partir das 8h, com concentração na Praça Deodoro. Os servidores irão caminhar pelo Centro e encerrar o protesto em frente à Secretaria Municipal de Finanças.

A categoria reivindica, no mínimo, o reajuste de 7,64%, que é o percentual do piso nacional anunciado pelo Ministério da Educação (MEC) em janeiro deste ano.

Nesta quarta-feira, 19, diretores do Sinteal e trabalhadores do Município se reúnem para elaborar um calendário das ações.

A assembleia aconteceu na sede do Sinteal, no Mutange. Na ocasião, a vice-presidente do Sindicato, Célia Capistrano, repassou as informações acerca das negociações mantidas com a Semed e outras secretarias envolvidas e informou que “a prioridade do prefeito é apenas pagar o salário em dia, mantendo a proposta de reajuste zero, sem possibilidade de negociações futuras”.