Postado em 19/06/2017 às 11:27 por Vanessa Siqueira e Joyce Marina* em Polícia 0

Comerciante suspeito de matar o irmão durante briga se apresenta à Polícia Civil

Ismar Bonfim do Nascimento se apresentou no Code nesta segunda-feira (19)




Por Vanessa Siqueira e Joyce Marina*

Crédito: Joyce Marina

Comerciante se apresentou no Code

O comerciante Ismar Bonfim do Nascimento, suspeito de matar a tiros o irmão Iraldo Bonfim, na última sexta-feira (16), se apresentou à Polícia Civil, na manhã desta segunda-feira (19). Acompanhado de seu advogado, ele se apresentou no Complexo de Delegacias Especializadas (Code), no bairro da Mangabeiras.

Ismar chegou ao Code aos prantos e prestou depoimento à delegada Rosimeire Vieira. O advogado do suspeito, Jeferson Nascimento, não quis falar com a imprensa durante o depoimento de seu cliente. A delegada informou que pretende checar os motivos do crime e colher outros detalhes que auxiliem na elucidação do caso, como o paradeiro da arma utilizada no crime.

O coordenador da Delegacia de Homicídios, Fábio Costa, esteve no Code e disse que o advogado de Ismar entrou em contato com a delegada Thalita Aquino para viabilizar a apresentação de seu cliente à polícia. Sobre o caso, ele não quis comentar, afirmando apenas que caberá à delegada responsável as sanções cabíveis e conclusão do inqúerito. 

O crime ocorreu durante a manhã da última sexta-feira (16) dentro do supermercado Shopping das Frutas, localizado na Avenida Júlio Marques Luz, no bairro da Jatiúca. Ismar teria atirado no irmão durante uma discussão no escritório do estabelecimento.

Ivanildo Bonfim do Nascimento, irmão dos envolvidos, também ficou ferido com um tiro de raspão na barriga durante o crime.

Leia mais: Suposta briga entre irmãos termina em morte em loja no bairro da Jatiúca

*Colaboradora


Deixe seu comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.