Vanessa Alencar/ Arquivo 13812671626338 Agentes penitenciários

Nesta sexta-feira, 19, os agentes penitenciários de Alagoas iniciaram uma paralisação de 48h no sistema prisional, em protesto contra a reforma da Previdência e pela aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC 308), que cria uma polícia penitenciária estadual e federal.

Segundo a categoria, não há reivindicação a nível estadual, já que as negociações com o governo do Estado têm progredido. A paralisação é um protesto contra, o relator da Reforma da Previdência que tirou da categoria o direito à aposentadoria especial. Eles também querem a aprovação da PEC 308 que dará, aos agentes, poder de polícia dentro dos presídios.

Durante as 48h da paralisação, apenas os serviços essenciais serão realizados, como alimentação e assistência médica de urgência para os reeducandos. Visitas de familiares e advogados, assim como a entrada de alimentação estão temporariamente suspensos.