1c27f133 4a75 4dd0 8fcc fd5894346a21

A Secretaria Municipal de Assistência Social de Rio Largo promoveu na manhã desta quinta-feira (18) panfletagem e sensibilização no centro da cidade chamando a atenção da sociedade sobre o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.  

Segundo a secretária Amanda Assunção, não só Rio Largo mas todos os municípios precisam  conscientizar a população sobre a necessidade de denunciar casos de abusos contra crianças e adolescentes, que infelizmente ainda é uma realidade no Brasil. "A prefeitura deu total apoio e infraestrutura, especificamente com o Creas que é o setor que mais atua nesses casos de violação de direitos.  Não poderíamos ficar de fora desse dia D. Essa violência é silenciosa e precisa ser combatida. Segundo estudos, 90% dos casos acontecem dentro da própria família”, colocou.

O conselheiro tutelar Paulo Henrique Martins Vieira reforçou que esse ato significa um grito, um dia de reflexão. “É um dia histórico para todo o país e remete-se ao que aconteceu com Araceli, uma menina de 8 anos que foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espirito Santo, então hoje é um dia simbólico, mas o combate deve ser feito todos os dias.  As demandas existem e as denúncias também por isso trabalhamos na prevenção e conscientização, com palestras nas escolas e nas comunidades. Toda sociedade precisa tomar essa luta pra si, porque estamos falando de vidas inocentes. Estamos panfletando e falando da importância do diálogo com os filhos e na criação deles, sem deixar esse papel apenas para as escolas e que esses direitos não sejam violados”, enfatizou.