Foto: Facebook 2967c7e6 fe6b 485c 94ef 23b811622aab Prefeito do Pilar, Renatinho Rezende

Era dado como certa a ida do prefeito do Pilar, Renato Rezende Rocha Filho, o Renato Filho ou Renatinho Rezende (PSDB), para a sigla comadada pelo senador Renan Calheiros e o governador Renan Filho, ambos do PMDB. 

Porém ,revelou-me uma fonte pilarense que o Renato Filho vai sair (ou já saiu) do PSDB para se filiar ao Partido Republicano Brasileiro (PRB). 

Para quem não sabe, o PRB hoje é presidido pelo ex-prefeito de Jequiá da Praia e atual secretário municipal de Educação de Marechal Deodoro, Marcelo Beltrão.

O PRB é mais uma sigla que está sob o comando do atual ministro do Turismo, Marx Beltrão (PMDB). 

Beltrão, inclusive, foi apoiador da candidatura vitoriosa de Renatinho Rezende em Pilar. 

Contudo, o prefeito pilarense não deve se opor ao governo de Renan Filho. Me disse um aliado dele que - apesar de longe do palanque durante o pleito de 2016 (RF apoiou Carlos Alberto Canuto - PMDB) - o governador tem levado benefícios para população do Pilar.

Com isso, o Governo do Estado tem ajudado a gestão de Renatinho a ser bem avaliada perante opinião pública. 

Segundo matéria divulgada aqui no Cadaminuto, uma pesquisa do Instituto Ibrape apontou que 50% dos moradores consideram como a boa a administração e 86% aprovaram a forma como o prefeito vem conduzindo as medidas para melhorar a cidade.

Leia mais aqui: Renato Filho tem 86% de aprovação popular no Pilar

Já em sua página no facebook, em tom de 'recado' para o ex-prefeito Carlos Alberto Canuto, Renatinho foi bastante enfático ao afirmar que na sua administração "acabou a ostentação, amaroks, cavalos de 100mil e de pessoas que amanheceram ricos com a Prefeitura."

"Tenho me dedicado nesses últimos 4 meses em fazer a transformação que o Pilar precisa, não apenas em obras, mas na autoestima das pessoas, no desejo de esperança e acima de tudo com um Governo honesto e transparente. As pessoas estão cansadas com tanta roubalheira e safadeza na política, as pessoas querem que os serviços públicos funcionem, querem que seus impostos sejam revertidos para o bem da cidade. Acabou o Pilar da ostentação, acabou o Pilar das amaroks, acabou o Pilar dos cavalos de 100mil, acabou o Pilar daqueles que nunca deram uma dia de serviço na vida e amanhecem ricos com a Prefeitura. Chegou a hora do Pilar para todos!!", escreveu o gestor. 

Por outro lado, vale lembrar que o prefeito do Pilar só não foi parar na ala peemedebista por conta de seu tio e adversário político, o ex-prefeito Carlos Alberto Canuto (derrotado nas urnas), ser um grande fi-aliado do PMDB de Renan Calheiros. 

No mais, quem vem perdendo é o PSDB do ex-governador Teotonio Vilela Filho que - aos poucos - vai ficando 'pequeno' para 2018. 

Será?

Redes Sociais: Kleversonlevy  

Email: kleversonlevy@gmail.com