Crédito: Assessoria C0f74a85 f494 4e65 bd52 42d03d1899f5 Ação visa proporcionar aos participantes o conhecimento da relevância histórica do povo negro pelas danças afro-alagoanas

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) ainda está com inscrições abertas para as aulas práticas e teóricas de danças afro que compõem o Projeto Dançarte. As aulas que teriam início nesta quarta-feira (26)  foram adiadas para o dia 3 de maio.

A ação, que tem como intuito celebrar os 200 anos de Alagoas, é promovida pelo Centro de Artes e Mediações Culturais (Camec) e pretende proporcionar aos participantes o conhecimento da relevância histórica do povo negro pelas danças afro-alagoanas, além de criar um grupo permanente de dança do Camec formado por estudantes, que poderão viabilizar atividades educativas e culturais, reunindo no mesmo espaço e tempo, história e cultura, lazer e entretenimento.

As aulas serão ministradas pelo professor e coreógrafo Edu Passos. "As vagas serão prioritariamente do estudantes da rede estadual de ensino, mas abriremos também para professores, servidores e a comunidade em geral", explica.

Os participantes do projeto terão aulas a respeito de estudos de textos, sobre a cultura afro-alagoana durante esses 200 anos; exercícios práticos de dança; relações entre arte e ancestralidade; e as propriedades do movimento: características e potencialidades do movimento humano (ações, qualidades, culturas, formas cênicas). Projeto será finalizado no mês de julho, para dar início aos ensaios para as apresentações que devem ocorrer em setembro.

Os interessados poderão fazer a inscrição no Centro de Artes e Medições Culturais (Camec), que fica localizado no Cepa, na Avenida Fernandes Lima, s/n- Farol – Maceió. As aulas serão às quartas e sexta-feiras, no horário das 9h às 11h30, no Teatro Linda Macarenhas. Informações pelo telefone 3338-8193.