Divulgação 52d5eaae 2998 4f07 97a9 a4f8f05bcab2 BFB

Beleza, plasticidade, elasticidade, técnica e leveza. Essas são apenas algumas definições para descrever o talento que os bailarinos do premiado Balé Folclórico da Bahia (BFB) vão mostrar ao público alagoano no próximo sábado, dia 22 de abril, no palco do Teatro Gustavo Leite - Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso – Centro de Convenções.

Considerada a única companhia profissional de dança folclórica do país em atividade, o BFB vai apresentar o espetáculo “Herança Sagrada – A Corte de Oxalá”.  No espetáculo, que já foi aplaudido nos Estados Unidos, Europa, Caribe, Oceania e África, os bailarinos reproduzem com fidelidade sequências de movimentos de alguns dos mais importantes rituais do Candomblé, numa coreografia baseada em danças do culto afro-brasileiro.

No palco, 26 bailarinos, músicos e cantores apresentam movimentos vibrantes e sonoridade arrebatadora. A segunda parte do espetáculo reúne coreografias clássicas do repertório do Balé, que traduzem as mais importantes manifestações folclóricas baianas, em “Puxada de Rede”, “Capoeira” e “Samba de Roda”, além de “Afixirê”, coreografia inspirada na influência dos escravos africanos na cultura brasileira.

“A turnê está alinhada com o nosso objetivo de tornar o Balé, que já é consagrado internacionalmente, conhecido pelos brasileiros”, afirma Vavá Botelho, fundador e diretor geral da companhia.

O Balé arrebatou a admiração da poderosa Anna Kisselgoff, crítica de dança do The New York Times. “O prazer dos dançarinos, músicos e cantoras em fazer o que eles fazem sobre o palco é tão obviamente parte da vida deles que contagia todo o teatro”, escreveu Kisselgoff. “Eu já assisti seus maravilhosos bailarinos em diferentes países, sempre se comunicando com o público. Crianças e adultos são tomados de imediato pelos ritmos e encantos de sua arte”, declarou a jornalista numa das suas criticas para o jornal norte-americano.

Reconhecida pela Associação Mundial de Críticos como a melhor companhia de dança folclórica do mundo, o Balé Folclórico da Bahia já formou mais de 700 bailarinos. A maioria deles de origem muito simples, que aprenderam os primeiros passos de dança no Balé e hoje brilham em grandes companhias internacionais do mundo. “Além do trabalho artístico, temos uma função social”, afirma Vavá Botelho.

O espetáculo integra a turnê Nordeste do grupo com o patrocínio de “O Boticário na Dança” e do Governo do Estado da Bahia, através do Fazcultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado.  A turnê foi iniciada em novembro passado, na cidade de Santo Amaro, no interior da Bahia.

SERVIÇO:

Balé Folclórico da Bahia

Espetáculo  Herança Sagrada – A Corte de Oxalá

Teatro Gustavo Leite (Centro de Convenções)

Sábado - 22 de Abril, às 21h

Ingressos:  R$ 70,00  (inteira) e R$ 35,00 (meia-entrada)

Vendas on line: www.eventim.com.br

Loja Alethia

• Maceió Shopping – térreo

• Parque Shopping – 1º andar

Formas de pagamento: Cash / débito / crédito

Info: 82 3235-5301

Site: www.suechamusca.com.br / www.bailepitanguinha.com.br

E-mail: info@suechamusca.com.br

Face: fb.com/suechamusca

Instagram: @suechamuscaoficial

WhatsApp: 82 99928-8675

*Com assessoria