Cef3cd3b 455f 4bc2 89ec 97d26f7f5085

Ah esse dialético Heráclito, filósofo pré-socrático, que anos atrás, diria algumas centenas, cunhou essa frase magnífica:

"A maioria dos homens não reflete sobre o que se lhes apresenta. Mesmo quando instruídos, não compreendem. Vivem na aparência".

Toda vez que a leio fico imaginando se realmente evoluímos de sua existência para cá, Heráclito!

Teve um barbudo metido a brigão que, no século XIX, usou tanto essa tua frase em outros termos, tentando dizer "acorda meu irmão", olha a realidade para além dela, sai da prisão dos fatos, busca a razão das coisas!!!

Mas de nada adiantou, Heráclito, e parece-me que a coisa tá ficando mais preta, porque o mundo a medida que se torna cada vez mais virtual, as pessoas não se tocam, se falam agora através das coisas...são bilhões de informações em ritmo alucinante e no entanto parece que emburrecemos aos poucos, ao constatarmos essa primeira quadra do século XXI.

Vixe, vc não deve nem imaginar o que se passa tanto tempo depois, não? E olha que aquele barbudinho ranzinza ainda tentou elucidar isso através de uma tal fetichização, uma metáfora que explicava como os homens perdiam a noção do valor das coisas em razão da "virtualização" de suas relações, agora estabelecidas através dos objetos. Quem era o barbudinho? Karl Marx, Heráclito!!

Hoje qualquer um sobe no coreto e fala o que quiser...é...essa liberdade não tinha no teu tempo e o coreto não é igual aquele que fica no centro de Jônia...o coreto agora são vários, são plataformas virtuais, como esta aqui. Mas os oradores Heráclito...os oradores...meu Jesus Cristo!!! Ah, me desculpe, vc não conheceu esse rapaz, ele vai aparecer uns quinhentos anos mais tarde do teu tempo.

Coitado, sofreu nas mãos dos romanos...vc iria gostar dele, era tão instruído para a época que fugiu da armadilha das aparências. Seu pecado foi defender que a solução dos problemas de seu tempo viesse dos céus à terra, esbarrou em outras poderosas crenças e na covardia romana.

Mas, voltando ao ponto, meu caro Heráclito, será que temos algum problema em nosso sistema de instrução pois não conseguimos sair dessa matrix que domina o mundo hoje ideologicamente, simbolicamente, economicamente e formata todo um sistema psicossocial? Por sinal vc iria gostar muito da série chamada Matrix.

Pelas bandas das terras bem distantes de suas origens, que aliás hoje se chama Turquia, precisamos tanto de sua ajuda, de seus conselhos e ensinamentos!!! Não, aquele barbudinho ranzinza sofre um preconceito imenso de uma parte da galera que quer ver o cão mas não se enxuga nem com toalha vermelha.

E o mundo tá tão virado de ponta cabeça que os indivíduos hoje, em sua grande maioria, só leem frases que na tua época eram do tamanho dos enunciados dos teus rabiscos. Dizem que o barbudinho é um sujeito démodé. Vc não, é ficha limpa!!!

Um abraço fraterno.