Foto: Ascom PC/AL 32b19617 ed92 4385 ade3 f25deded65a2 Delegado Fábio Costa

Rosivânia da Conceição, ex-mulher do sargento do Corpo de Bombeiros Militar (CBMAL), Izael Martins, voltou atrás no depoimento prestado no dia do crime, 31 de dezembro, na Central de Flagrantes I, e disse que o militar não tentou atacá-la ou violentá-la antes de ser esfaqueado.

Rosivânia desmentiu a primeira versão em depoimento prestado ontem, 10, ao coordenador da Delegacia de Homicídios de Maceió, delegado Fábio Costa.  Em entrevista ao CadaMinuto, o delegado disse que não pode adiantar mais nada a respeito do novo depoimento, para não atrapalhar as investigações.

“Ela negou a tentativa de estupro, de legítima defesa, e deu uma nova versão para o fato, mas não podemos antecipar o que foi dito. O que podemos afirmar é que temos ouvido de várias testemunhas, amigos, colegas bombeiros e até da ex-sogra da vítima, que Izael é uma pessoa pacata, tranquila, ordeira e do bem. É um bom pai, foi um bom marido e nunca apresentou comportamento agressivo”, revelou o delegado.

Fábio Costa lembrou ainda que é grave o estado de saúde do bombeiro, que continua internado em um hospital particular e pode perder os movimentos do corpo em razão do ferimento.

Izael Martins foi atingido com uma facada no pescoço quando estava na casa da ex-mulher, visitando a filha do casal, no último dia do ano passado. Inicialmente, Rosivánia apresentou a versão de que houve uma discussão entre ela e o ex-marido, o que teria motivado o ataque.