Postado em 10/01/2017 às 17:10 por Assessoria em Interior 0

Prefeitura de Marechal Deodoro reativa Programa do Leite




Por Assessoria

Foto: Assessoria

Programa do Leite reativado em Marechal

 

Após passar um ano suspenso, a Prefeitura de Marechal Deodoro reativou, nesta terça-feira (10), o Programa do Leite no município. As entregas iniciaram na manhã de hoje, beneficiando 900 famílias deodorenses.

O prefeito Claudio Filho Cacau e a secretária de Assistência Social, Iolanda Alcântara, participaram das entregas realizadas no Conjunto Residencial Recanto da Ilha, conhecido como Jacaré, na Barra Nova; na Massagueira; nos bairros Cabreiras, Taperaguá, e nos Conjuntos José Dias e Terra da Esperança.

“Fico muito feliz em poder, em apenas dez dias de governo, ter reativado um programa tão importante quanto este e que estava parado há um ano. Estamos começando uma nova Marechal. Hoje o programa beneficia  novecentas famílias, mas já estou pleiteando junto ao Governo do Estado a ampliação, e também mais programas para beneficiar a população deodorense”, disse o prefeito Cacau.

A entrega do leite acontecerá sempre às terças-feiras e será realizada nos CRAS, nos bairros onde tiver, e também em parceria com lideranças e associações comunitárias.

De acordo com a secretária de Assistência Social, Iolanda Alcântara, o programa é destinado às famílias cadastradas no Cadastro Único do Governo Federal que tenham, entre os integrantes, gestantes, crianças de até seis anos e idosos.

“Todas estas famílias já eram cadastradas e nossa meta é ampliar o programa. A reativação é muito importante porque o programa visa exatamente tirar a população da situação de insegurança alimentar, atender pessoas em situação de risco e de vulnerabilidade social. É uma conquista muito importante neste início da gestão do prefeito Cacau”, ressaltou a secretária.

Para ter acesso ao programa, as famílias precisam estar cadastradas no Cadastro Único do Governo Federal. “Como estamos trabalhando para ampliar o serviço, as famílias que tiverem alguma dúvida em saber se se encaixam nas condicionalidades do Cadastro Único, devem procurar a Secretaria de Assistência Social”, disse a secretária Iolanda Alcântara.


Deixe seu comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.