Foto: Divulgação 93f99ce9 4273 47ca 914b c0d839c118d1 Prédio da CGU

Em 2016, dos 550 servidores federais expulsos do serviço público em todo o País, dois trabalhavam em Alagoas, segundo dados divulgados nesta segunda-feira, 9, pelo Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU).

Entre 2003 e 2016, foram 74 expulsões no Estado, assim divididas: 35 entre 2003 e 2010; nove em 2011; cinco (2012); oito (2013); seis (2014); nove (2015) e duas em 2016 (até outubro do ano passado, o relatório registrava apenas uma expulsão, levando a crer que a segunda ocorreu entre novembro e dezembro).

Em todo o Brasil, de acordo com a CGU, em 65% dos casos a “corrupção” encabeça a lista de motivos para as demissões.

Em outubro de 2016, o CadaMinuto trouxe uma matéria sobre o assunto: http://www.cadaminuto.com.br/noticia/293780/2016/10/10/em-13-anos-73-servidores-federais-foram-expulsos-do-servico-publico-em-al.