Foto: Agência Alagoas/Arquivo 1282132059enchente Enchentes em Alagoas

Com o auxílio do Tribunal de Contas da União (TCU), a Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara dos Deputados vai investigar a aplicação de R$ 1,5 bilhão em recursos federais destinados ao Programa da Reconstrução, em Alagoas, criado após as enchentes que devastaram vários municípios em junho de 2010.

Aprovada, a proposta para fiscalização da aplicação dos recursos é do deputado federal JHC (PSB). Ele também recomendou a atuação do Ministério da Transparência, Controladoria-Geral da União e Caixa Econômica Federal na “auditoria”.

Na justificativa da proposta, o deputado alega que, após mais de seis anos da tragédia, ainda há obras incompletas, especialmente as destinadas à infraestrutura, e pessoas desabrigadas nos locais atingidos.

Segundo reportagem da Agência Câmara, após a auditoria, a comissão irá analisar o relatório final. Caso aprovado, ele será enviado à presidência da Câmara para encaminhamento às autoridades competentes.

O deputado Esperidião Amim (PP-SC), relator da proposta na comissão, defende que a fiscalização será mais rápida e evitará duplicidade se, inicialmente, for realizada apenas pelo TCU.