Foto:Maciel Rufino/CM/Arquivo 1317765688psdb5 Vereadora Tereza Nelma

A vereadora Tereza Nelma (PSDB) espera convencer o prefeito Rui Palmeira (PSDB) acerca da importância do Projeto de Lei, de autoria dela, que cria a “Parada Segura” para mulheres em horários noturnos no itinerário do transporte coletivo urbano.

Aprovada no ano passado no plenário da Câmara de Maceió, a matéria foi vetada pelo prefeito, mas, a pedido da vereadora, seus pares ainda não apreciaram o veto na Casa.

Em entrevista ao Blog, ela contou que a proposta é simples: a partir das 22h, qualquer passageira pode solicitar a parada do ônibus em um local mais próximo de sua residência. “É só uma forma das mulheres se sentirem mais seguras, porque às vezes o ponto é distante da casa, são vários quarteirões”, explicou.

Segundo Tereza, em São Paulo, a lei que autoriza motoristas de ônibus a parar fora dos pontos para que mulheres (e idosos, no caso da capital paulista) desembarquem em locais mais acessíveis e seguros, já tem dado resultados positivos no combate à violência contra a mulher.

“Vou marcar uma audiência para conversar pessoalmente com o prefeito e mostrar que a lei não tem custos, mostrar dados, mostrar que ela está tendo bom efeito em São Paulo”, disse, acrescentando: “Espero vê-la sancionada também em Maceió”.

Na capital paulista, a lei que inspirou o PL da vereadora foi regulamentada em outubro do ano passado. A lei permite que mulheres, idosos, travestis e transexuais desçam fora do ponto entre 22h e 5h da manhã. O benefício já era destinado a passageiros com deficiência.