Reprodução 56e3e6ac 8d61 492d b093 15a4293be89b Claire e Frank Underwood, de House of Cards

Toda quarta-feira, aqui neste blog, darei dicas de séries que vocês podem assistir e com certeza irão curtir cada episódio. A ideia é trazer o mundo das produções das grandes empresas de TV e streaming para a casa de cada leitor.

Para começar, a primeira série em inauguração a este quadro é “House of Cards”. Original da Netflix, House of Cards mostra o mundo fictício dos bastidores da política nos Estados Unidos. A produção possui um elenco de peso com Kevin Spacey e Robin Wright, além de outros grandes nomes. A série já se encontra na quarta temporada e tem previsão para a estreia da quinta no meio de 2017.

Confira a sinopse de House of Cards:

Frank Underwood (Spacey) é um astuto congressista norte-americano que é traído pelo presidente que ele ajudou a eleger. Com a ajuda da esposa, Claire Underwood (Robin Wright), de uma jornalista ambiciosa e de um outro político com problemas com alcoolismo, Underwood inicia um plano para minar adversários políticos e conquistar, em alguns anos, a presidência dos Estados Unidos.

O segredo do sucesso da série é, sem dúvida, o roteiro bem escrito e de uma genialidade incrível. A quebra da quarta parede, quando o ator fala com o fã, de Frank é outro grande trunfo da série. Os diálogos são dignos de filme de Oscar, as reviravoltas e a tensão aumentam a cada temporada, onde o espectador acaba fazendo parte, mesmo que sem querer, de toda a trama.

A fotografia é excelente, bem ao estilo “Poderoso Chefão”, e o enquadramento da câmera é quase que perfeito. Robin Wright é uma atriz de primeiro escalão e em House of Cards representa uma mulher poderosa, independente, forte e que enfrenta até um tsunami de problemas de pé, sem se desequilibrar. Típico da mulher moderna e que é necessária na sociedade. Claire, na verdade, é o pilar do relacionamento com Frank e a catapulta que lança o marido em caminhos mais distantes.

 

 

Falando em relacionamento, Claire e Frank possuem uma relação aberta onde há um único objetivo: o poder. Até chegar lá, eles não medem esforços. Traição política, jogos, falsidade, sujeira e cartas na mesa, House of Cards representa aquilo que na verdade a política é.