Foto: Cortesia 853b7d8b fe30 49ae b958 982421624f24 Prefeita Socorro Cardoso (PSDB) e Gleysson Cardoso

Eis que o pleito de 2016, ocorrido no último domingo, 02, trouxe para realidade política alagoana um resultado bastante surpreendente para grandes (ex) caciques da política em Alagoas.  

Em seu segundo mandato à frente do Executivo local, a prefeita Socorro Cardoso (PSDB) escolheu o sobrinho e ex-secretário municipal de Transportes, Gleysson Cardoso (PMDB), para sucedê-la na prefeitura negrense. 

Gleysson foi eleito prefeito por maioria do eleitorado da cidade com 1.831 votos (50,10%). 

Pela terceira vez consecutiva, Cardoso derrotou nas urnas o suplente de deputado estadual Cícero Ferro (PRTB).

Ferro também ficou atrás do segundo colocado, o empresário José Aprígio, que obteve 1.268 votos (34,69%). 

O suplente de deputado amargou uma derrota com 556 votos (15,21%) e ocupando a última colocação. A coligação dos partidos PRTB, PTB e PSD ainda conseguiu fazer Emílio Ferro (PTB) para ocupar uma das nove vagas na Câmara de Vereadores.  

Contudo, a prefeita foi a mais beneficiada e vitoriosa no pleito deste ano em Minador.

Socorro fez o sucessor na Prefeitura, fez maioria no legislativo municipal [(Elzimar (PDT), Clevinho (PPS), Careca (PMDB), Tonho Cardoso (PSDB), Aleijado (PSDB) e Bento Monteiro (PSDB)] e impôs uma derrota massacrante - mais uma vez – em seu maior adversário político.   

Disputa desde 2004

Ferro e Cardoso brigam pelo Executivo municipal desde 2004. Naquele ano, Emílio Barros (PDT) - hoje vice-prefeito – foi eleito prefeito na disputa contra Eladja Ferro (à época do PTB), esposa de Cícero Ferro.  

Em 2008, foi Socorro Cardoso que venceu o pleito contra Eladja Ferro. Na reeleição, em 2012, a prefeita Socorro foi candidata única após Thalita Ferro (PSC), filha de Cicero, renunciar sua candidatura  por questões pessoais e problemas de saúde. 

Cícero Ferro só saiu vitorioso na 'briga' pela prefeitura em 2000, com Bosco Cardoso Ferro, que derrotou a prefeita - à época - Amparo Cardoso Ferro.  Antes, em 1996, Amparo venceu Cícero com uma diferença de 210 votos.  

Portanto, 2016, deixou claro que o domínio de Minador do Negrão está nas mãos das famílias Cardoso e Barros.  

Já Cícero Ferro reviveu nas urnas o mesmo ocorrido há vinte anos, quando o suplente de deputado se candidatou pela primeira vez ao cargo de prefeito da cidade, em 1996, e foi derrotado por Amparo Cardoso. 

Redes Sociais: Kleversonlevy  

Email: kleversonlevy@gmail.com