19e9d177 3b3a 4a61 abf6 ed17fddb13ee

Muitos dos jogos mais populares da internet passam pela audiência brasileira. Seja para alavancar a força ou confirmar a qualidade de um jogo, é normal que diversos deles sejam testados por aqui.

Este cenários é especialmente forte quando se trata dos games online mais simples, que não exigem mecânicas complexas ou computadores poderosos. Entre os games de maior sucesso por aqui e no mundo nos últimos anos estão Flappy Bird, 2048, Angry Birds, Candy Crush e Fruit Ninja, entre outros.

De 2015 para cá, porém, outro tipo de jogo online tem chegado ao topo: os jogos “.io”. O nome parece estranho e por si só não explica muito, porém a história deixa mais claro do que se trata.

Vale lembrar que em todos os casos, os games são jogados online e seus adversários são os outros jogadores reais espalhados próximos da sua região ou pelo mundo.

Agar.io

O primeiro grande título dessa série foi o Agar.io, lançado há pouco mais de um ano por um brasileiro. Nele, o jogador precisa absorver as células menores e crescer no jogo. A medida que sua célula fica maior, ela também perde velocidade. Por um lado ela fica cada vez mais poderosa, por outro cada vez mais complicado pegar os outros jogadores.

Também é possível jogar com skins (peles) diferentes, tais como bandeiras de países e rostos de pessoas famosas, além de usar seu nickname e tentar chegar ao topo dos rankings.

Slither.io

Neste ano também chegou a milhões de jogadores um game que lembra muito o jogo da cobrinha (snake), popular em antigos videogames e nos celulares. Porém o Slither.io tem um toque de Agar.io nessa mistura. Aqui, o objetivo é comer outras bolinhas pela tela, porém é não é permitido esbarrar em outras cobrinhas pela tela.

Caso isso aconteça, o jogador morre na mesma hora e todas as bolinhas comidas por ele ficam espalhadas pela tela. Com isso, é possível que um pequenino vença um gigante. Um dos truques mais populares é cercar os menores até que ele fique dentro um círculo e acabe tocando no adversário.

Diep.io

O mais novo jogo dessa coleção é uma mistura ainda mais maluca de todos eles. Ainda que o campo de batalha seja similar ao dos outros, aqui o jogador controla um tanque e precisa crescer atirando nas figuras geométricas pela tela. Ao crescer, o equipamento de tiro também fica mais poderoso e se torna mais possível atacar outros jogadores na tela.

Atenção em evitar tocar os objetos na tela, já que cada batida tira um pouco da vida do jogador.

Nome .io

E por quê os jogos são todos “.io”? Ainda que menos popular que .com ou .com.br, essa também é uma extensão de domínio web. A maioria destas extensões pertencem a um país, porém essa é uma das maior curiosas: .io pertence ao Território Britânico do Oceano Índico, um área que fica mais ou menos entre a África e a Índia.

Não sabemos porque uma região no oceano precisa de seu próprio domínio web, porém ela existe e um jeito inesperado se tornou popular em todo o mundo.

"De 2015 para cá, porém, outro tipo de jogo online tem chegado ao topo: os jogos “.io”. O nome parece estranho e por si só não explica muito, porém a história deixa mais claro do que se trata. Estes tem alguma concorrência com jogos de muito sucesso em casinos como por exemplo a  roleta online entre outros.
Vale lembrar que em todos os casos, os games são jogados online e seus adversários são os outros jogadores reais espalhados próximos da sua região ou pelo mundo.