A Universidade Estadual de Alagoas (Uneal), por meio de iniciativa de alunos do 3º e 5º períodos do curso de Direito, sob a coordenação-geral do professor Lúcio Isidro, implantou neste mês o Núcleo de Pesquisa e Extensão e Assessoria Jurídica Universitária Popular (NEAJUP).


O núcleo, que tem como coordenador-discente o aluno Inaldo Valões, está atuando em três linhas de atividades, incluindo a criação de grupos de estudos em Direito Crítico; cursos de formação e cidadania em Direitos Humanos e capacitação jurídica de lideranças comunitárias.


De acordo com Inaldo Valões, o NEAJUP vai preparar os integrantes da comunidade para mediação de conflitos locais, incluindo também a luta contra a dicriminação de cor, gênero, raça ou de opção sexual.
Ele adiantopu que o Núcleo de Assessoria Jurídica Popular ainda vai atuar como centro de pesquisas e, também, como importante ferramenta para os trabalhos de extensão acadêmica, com a troca de informações e experiências com os diversos segmentos da sociedade alagoana.