Ilustração 90240deb 60d6 4a4f 9975 7471706eec83

Segundo dados da Central de Transplantes de Alagoas (CTA), em 2015, mais da metade das famílias (57%) de pacientes com morte encefálica comprovada disseram não à doação de órgãos. Um dos motivos apontados é o desconhecimento dos familiares acerca da vontade do morto.

Daí a importância: se você é doador de órgãos, não deixe isso em segredo. Pelo contrário, não perca nenhuma oportunidade de expressar o desejo aos seus familiares e amigos.

A Central de Transplantes de Alagoas informa ainda que 231 pacientes estão na fila de espera para receber um rim, por exemplo. O número é considerado expressivo, já que apenas 10 procedimentos deste tipo foram realizados este ano e 107 intervenções registradas desde o primeiro transplante, há 27 anos.