038a0cb8 89cf 4c1e a935 3e3885400ad7

Nos dias atuais, é indispensável construir ou reformar sem a contratação de um bom profissional, seja ele um decorador, um designer de interiores, ou um arquiteto.

Inicialmente, precisamos diferenciar cada profissional, pois o arquiteto possui atribuições diferenciadas do decorador e do designer de interiores. É importante que essas diferenças sejam analisadas antes da escolha.

Segundo o Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU), “O decorador é aquele profissional formado (ou não) em um curso de curta duração ou é um autodidata. Suas atribuições são muito restritas, pois seus conhecimentos sobre vários componentes de uma obra são nulos. Sua função restringe-se à escolha de acessórios, cores, texturas sem que altere fisicamente a obra. Não pode interferir no ambiente, e nem mesmo, no detalhamento de mobiliários cuja atribuição é do designer de interiores.”

Já o designer de interiores, possui todos os atributos do decorador além de poder interferir no layout do ambiente, indicando novas possibilidades de iluminação, ergonomia, acústica e mobiliário. Porém, seu trabalho é restrito a ambientes internos.

Segundo o CAU, “O arquiteto e sua formação se dão através dos cursos acadêmicos de arquitetura e urbanismo que tem duração de cinco anos, onde são abordados temas como história da arte e do urbanismo, representação gráfica, informática, resistência dos materiais, construção, planejamento urbanos, projeto de edificações, conforto ambiental, paisagismo, arquitetura de interiores, cálculos, entre outros. A formação de um curso superior de arquitetura permite que atue em várias áreas, entre elas: estudo e planejamento de projetos, execução de desenho técnico, elaboração de orçamento, padronização, mensuração e controle de qualidade, execução de obras e serviços técnicos”.

Então, em resumo, contratamos um arquiteto em todas as situações, já os serviços do decorador e o designer de interiores possuem suas limitações.

Quando queremos, simplesmente dar um novo visual ao ambiente, escolher cortina, almofadas, tapete e adornos, podemos contratar um decorador, um designer ou um arquiteto. No caso de se escolher novos mobiliários, alterar o layout do ambiente, fazer um projeto luminotécnico, melhorar a acústica e ergonomia do ambiente, temos a opção de contratar um arquiteto ou um designer de interiores. Porém, se o que se deseja é ampliar o ambiente, construir um novo cômodo ou construir uma casa, edifício ou comercio, projetar uma praça, condomínio ou algo relacionado, somente o arquiteto terá habilidade para isso.

Depois de esclarecer estas dúvidas, chegou a hora de escolher o profissional mais indicado. Aí, além de suas atribuições definidas, é preciso analisar criteriosamente seu portfólio, observar sua linha de trabalho, seu estilo. Nada melhor que conhecer alguns trabalhos já executados por tal profissional, através de sites, postagens em redes sociais e publicações.

Outro item muito relevante nesta escolha é a experiência e credibilidade que tal profissional oferece. Observe como tal profissional lhe atenderá, se ele trabalho sozinho ou possui uma equipe para auxilia-lo em suas necessidades e se possui estrutura adequada para solucionar suas solicitações.

A empatia mútua é algo imprescindível, é preciso que haja sinergia entre as partes, assim o período de projeto e execução se transformarão em momentos de prazer e descontração.

Um profissional nesta área não deve ser escolhido pelo valor de seus honorários, os aspectos citados anteriormente é devem direcionar tal escolha.

A contratação de um bom profissional, além de criar um espaço adequado ao uso, garantindo conforto e beleza, evita vários possíveis aborrecimentos, tais como: dificuldade na venda do imóvel, por não estar regularizada; ilegalidade da obra perante a prefeitura e risco de multas, através de seus conselhos CAU, CREA e Ministério do Trabalho; espaços mal dimensionados; ambientes mal iluminados e ventilados; entre outros inúmeros aborrecimentos que podem ser facilmente evitados.

Foi-se o tempo em que se contratar um decorador, designer ou arquiteto era um item de luxo. Atualmente, é uma necessidade, então, não perca tempo e nem dinheiro tentando resolver algo que somente um bom profissional pode solucionar.

 

Contrate um decorador.

Contrate um Designer de Interiores.

Contrate um Arquiteto.

 

Cris Nunes Arquitetura

http://www.crisnunes.com.br

Maceió – Av. Álvaro Calheiros, 4/C, Mangabeiras

Arapiraca – Rua Boa Vista, 140, Centro

(82)3325.8265/ 99938.2000/ 99937.2000/ 98852.5551