Com o objetivo de fortalecer a segurança da população no período de proximidade das festas de fim de ano, época em que a capital alagoana registra aumento significativo no fluxo de turistas, representantes do Comando de Policiamento da Capital (CPC) e do setor de Videomonitoramento da Secretária de Estado da Defesa Social de Alagoas (Seds) realizaram mais um treinamento policial simulado, nesta quarta-feira (26), na sede do órgão de segurança pública.

Desta vez, a simulação aconteceu entre os bairros da Ponta Verde e Pajuçara. Na ocasião, a operação registrou uma ocorrência real, onde cinco criminosos foram detidos em flagrante após roubarem o celular de um passageiro dentro de um coletivo. Já no treinamento simulado, a ocorrência forjada envolveu um motoqueiro que havia roubado uma bolsa de uma senhora. Nos dois fatos, real e fictício, os operadores do videomonitoramento passaram as informações de forma rápida e concisa até a guarnição perseguir e prender os assaltantes.

Segundo a gerente de Videomonitoramento da Seds, Aleska Farias, os operadores receberam o chamado do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) para localizar o suposto criminoso da operação simulada, que estava hipoteticamente em uma moto, quando houve a ocorrência real. “No decorrer da operação, houve um fato real. Cinco homens roubaram o celular de um passageiro em um coletivo nas imediações da orla, acionamos a guarnição que autuou os criminosos e conduziu para delegacia. Depois disso, conseguimos deter o criminoso da situação simulada. Tudo em 14 minutos”, explica a gerente do Videomonitoramento, Aleska Farias.

De acordo com o coronel da PM, Laudercy de Aguiar Dias, o treinamento é necessário para o aprimoramento do trabalho da polícia. “Com essas simulações, queremos reduzir ainda mais o tempo de resposta, desde o momento em que o Centro de Operações toma conhecimento de uma atitude suspeita nas ruas,por meio do Disque Emergência 190, troca informações com o videomonitoramento e aciona Centro de Controle Operacional para abordar o suspeito”, explicou.

Funcionamento

 Desde 2012, Maceió conta com um dos mais avançados sistemas de videomonitoramento do país. Operadores e supervisores acompanham a movimentação nas ruas por meio de 104 câmeras de alta resolução espalhadas na cidade, que cooperam com a polícia no combate à criminalidade e na redução do índice de violência.