5cdd961c 0e30 44d1 b26c 5d8db52118ec

Uma decisão judicial proferida pelo desembargador Tutmés Airan, do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), prorrogou novamente o pregão referente à contratação de serviços de telecomunicações para o Governo do Estado. Conforme determinou o magistrado, o processo ficará suspenso por 48h, cujo período deverá servir para credenciar novos concorrentes à disputa.

Esta é a segunda vez que o pregão é suspenso. A sessão foi iniciada na última quinta-feira (11), mas foi suspensa por ordem judicial requerida pelas operadoras Oi/Telemar e Embratel. Na sexta-feira (12), o TJ/AL suspendeu a liminar que interrompeu o pregão entendendo a urgência de uma nova licitação para os serviços de telecomunicações, cujos contratos funcionam atualmente por instrumentos aditivos e emergenciais.

A licitação está dividida em três lotes, sendo o primeiro para contratação de serviços de dados e internet, o segundo para telefonia fixa e móvel, e o terceiro para modens 3g.