Trabalhando junto ao produtor para incentivar à produção de leite no Estado, a Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA) participou da nona edição do Torneio Leiteiro da Associação dos Produtores de Leite de Capelinha, em Major Izidoro. O evento, realizado no Parque Edon Amaral, em Capelinha, trouxe ainda a segunda edição da Fazendinha.

Realizado de 20 a 22 de agosto, a edição deste ano do torneio leiteiro de Capelinha, reuniu 26 produtores que competiram em busca do prêmio de melhor produtor de leite da região. Segundo o presidente da Associação de Capelinha, Hélio Costa, os produtores se dedicam para, a cada ano fazer melhor, mostrando o aumento na produção de forma qualitativa. “Os produtores têm todo o apoio de veterinários para que a criação dos animais e a produção seja a melhor possível e isso traz como retorno um produto de qualidade”, disse.

A iniciativa da CPLA estimula os produtores familiares a cuidar cada vez melhor dos seus animais e consequentemente ter uma produção melhor. A Cooperativa inovou durante a nona edição e levou um tanque de resfriamento e armazenamento para o evento.

José Tarcísio, produtor de leite e participante da competição, falou sobre a importância do apoio que a CPLA tem oferecido a Associação. Segundo ele, desde a chegada do tanque de resfriamento para a Associação, conseguida através da Cooperativa, trouxe benefícios para os produtores associados. “Com o tanque de resfriamento, conseguimos manter a qualidade do leite produzido”, disse.

“Antes da chegada do tanque de resfriamento, nós tínhamos que negociar o leite produzido no mesmo dia, o que fazia com que vendêssemos o leite por um valor abaixo da nossa expectativa, mas agora, com o tanque, podemos armazenar o produto e conservá-lo para vender depois”, disse Antônio de Pádua Soares, produtor de Capelinha e que competiu no torneio com uma novilha que participa atualmente de outra iniciativa da CPLA, que é o Programa de Melhoramento Genético.

Fazendinha

Pela segunda vez, a criançada teve seu espaço dedicado na competição. A segunda edição da Fazendinha, idealizado pela Associação de Capelinha, é mais uma forma de estimular a criançada a se dedicar aos estudos.

Trata-se de mais uma parceria da CPLA e da Associação com a Escola José Ferreira de Brito, localizada a pouco mais de 15 km do povoado, que estimula as crianças a competir no torneio, tendo como pré-requisito tirar boas notas na escola e se destacar nos estudos ao longo do ano.

O diretor da escola, Reinaldo Moraes, pensando a influência exercida pela cultura leiteira na região, resolveu juntamente com os colaboradores da instituição, levar os estudantes à competição. “A iniciativa seria trazer os alunos para a competição para que eles possam conhecer mais afundo a produção de leite”, destacou o professor.

Reinaldo que também é produtor de leite levou o filho para participar da Fazendinha e falou sobre o entusiasmo da criançada para o dia de campo e a visita a Fazendinha. “As crianças desde a hora que souberam que viriam para o torneio e para a Fazendinha, se mostraram entusiasmadas para participar do evento. O meu filho mesmo, há algum tempo se prepara para trazer sua novilha”, finalizou.