Amigos, no ultimo dia 02 de julho, o Governo Federal, os Bancos e as Empresas de Telefonia, assinaram um documento se comprometendo a diminuir os processos judiciais que assolam o nosso judiciário.

Os três setores são considerados os mais atuantes da Justiça Brasileira, de acordo com levantamentos do próprio Governo Federal, juntos movimentam quase 95% do Judiciário.

As instituições financeiras respondem por aproximadamente 38% das demandas do judiciário, na composição o Banco do Brasil, Itaú-Unibanco, Bradesco e Caixa Econômica Federal aceitaram o projeto e irão buscar a redução das metas.

Do lado das operadores de telefonia, a Claro, Tim, Vivo e Embratel já aderiram ao projeto, essas empresas respondem por 6% dos processos.

Iniciativas como essa, ajudam o judiciário e o consumidor, pois ao promover políticas de incentivo a conciliação torna a relação usuário/empresa saudável, evitando litígios longos e que nunca tem um vencedor, pois a demora de uma decisão não traz um sentimento de justiça e sim de impunidade.

É de bom alvitre destacar que outras empresas como o Grupo Pão de Açúcar, Via Varejo, lojas Ponto Frio e Casas Bahia, estão aderindo ao plano do governo.

Não tenho duvida que aqueles que obtiverem sucesso com essa iniciativa poderão reverter em propaganda positiva. Diversas empresas de delivery já utilizam o baixo índice de reclamação com o intuito de atrair a propaganda positiva, por que não essas empresas utilizarem do mesmo marketing?

O objetivo é que cada um dos envolvidos criem centrais de mediação e capacitem os seus profissionais.

Em Maceió, uma das pioneiras nesse item foi a telefonia da “OI”, que conseguiu em convênio com o Tribunal de Justiça de Alagoas uma sala para tentar dirimir o conflito antes do processo ser judicializado.

No Procon de Alagoas algumas empresas possuem um canal direto com o consumidor, ou seja, antes de entrar com a reclamação o consumidor pode entrar em contato e tentar resolver diretamente o seu problema.

Essas medidas estimulam a composição e são salutares para o consumidor, não podemos deixar o usuário sem amparo e levar ao judiciário, causas que realmente necessitem de uma dilação probatória mais apurada.

Portanto, entendo como positiva a ação do governo e das empresas que se levado a sério tende a beneficiar o consumidor, porém só o tempo demonstrará o sucesso desta iniciativa;

Em caso de dúvida procure um advogado da sua confiança ou o Procon.

Twitter: @MarceloMadeiro

E-mail: marcelomadeiro@gmail.com

Facebook: Marcelo Madeiro

A música de hoje é dos Paralamas do Sucesso!

Cuide Bem Do Seu Amor
Os Paralamas do Sucesso

A vida sem freio me leva, me arrasta, me cega
No momento em que eu queria ver
O segundo que antecede o beijo
A palavra que destrói o amor
Quando tudo ainda estava inteiro
No instante em que desmoronou
Palavras duras em voz de veludo
E tudo muda, adeus velho mundo
Há um segundo tudo estava em paz

Cuide bem do seu amor
Seja quem for
Cuide bem do seu amor
Seja quem for

E cada segundo, cada momento, cada instante
É quase eterno, passa devagar
Se o seu mundo for o mundo inteiro
Sua vida, seu amor, seu lar
Cuide tudo que for verdadeiro
Deixe tudo que não for passar
Palavras duras em voz de veludo
E tudo muda, adeus velho mundo
Há um segundo tudo estava em paz

Cuide bem do seu amor
Seja quem for
Cuide bem do seu amor
Seja quem for

Palavras duras em voz de veludo
E tudo muda, adeus velho mundo
Há um segundo tudo estava em paz

Cuide bem do seu amor
Seja quem for
Cuide bem do seu amor
Seja quem for