As atividades do Cine Misa serão reiniciadas nesta quinta-feira (3), a partir das 15h, com a exibição do documentário “A vida não basta”, de Caio Tozzie e Pedro Ferrarini. A sessão está marcada para o Museu da Imagem e do Som (Misa), localizado na Rua Sá e Albuquerque, 275, no bairro do Jaraguá.

O documentário tem duração de 86 minutos e traz os depoimentos de nove artistas de diferentes áreas que falam sobre o porquê é preciso criar, tomando por base a frase do poeta maranhense Ferreira Goulart - “A arte existe porque a vida não basta”.

Após a exibição, será realizado debate, conduzido pela professora Socorro Lamenha, que ministra a disciplina História da Arte no Centro de Belas Artes (Cenarte) e no Centro Universitário Cesmac.

O Cine Misa é um projeto realizado pela Secretaria de Estado da Cultura (Secult), que tem como objetivo estimular a formação de plateia, em especial para o cinema nacional.