Desesperado por uma reabilitação o CSA apenas empatou aos 44 minutos com o CSE, no estádio Juca Sampaio, na cidade de Palmeira dos Índios.

O CSA com este resultado soma um ponto e fica na obrigação de buscar sua primeira vitória no segundo turno. O Azulão enfrenta o ASA na proxima quart-feira no estádio Rei Pelé.

O JOGO

Pobre, foi assim o primeiro tempo do jogo. O CSE um pouco mais arrumado que o CSA, a marcação do meio campo azulino não foi suficiente para que o tricolorido abrisse o marcador.

Aos 22 minutos, o primeiro lance de gol na partida, com o volante Magno chutando forte de fora da área obrigando o goleiro Carlinhos a fazer uma grande defesa.

O meia Camilo do Azulão, aos 23 minutos acertou um voleio de fora da área, a bola passou raspando o poste direito.

O CSE tinha mais a posse de bola, mas não conseguia criar situações reais de gol.

O lateral Augusto do CSA, conduziu a bola para dentro da área entrou driblando e foi deslocado com o braço direito, pelo zagueiro Paiva, pênalti não marcado pelo arbitro da partida Silvio Acioli.

Mais um chute de fora da área, agora do volante Anderson que passou perto do gol.

Sem muita criatividade de ambas as equipes, o placar do primeiro tempo não poderia ser outro a não ser o 0 a 0.

Não mudou muita coisa o segundo tempo, apenas emoções fortes ocorreram. O CSA voltou um pouco mais organizado, e o CSE apenas se aventurava esporadicamente.

O Azulão aos três minutos, arriscou um chute forte com o lateral Marciano que chutou forte por cima do gol.

Quando se pensava que não aconteceria nada, falta lateral, o lateral Vovó cruza na cabeça do atacante do CSE Rogério, que abriu o marcador: 1 a 0.

Daí pra frente o CSA foi à busca do gol de empate e conseguiu com o lateral Marciano, aos 44 minutos, cobrou uma falta do lado direito, o goleiro Carlinhos esperou o cruzamento e a bola foi no canto baixo esquerdo: 1 a 1.

Ficha Técnica

CSE 1 x 1 CSA

Campeonato Alagoano – 2º Turno – 2ª Rodada

Local: Estádio Juca Sampaio (Palmeira dos Índios)

Árbitro: Silvio Acioli

Assistentes: Pedro Jorge e Adeilton Hora

Renda: R$ 4.232,00; Público: 1.049 torcedores (com 881 torcedores)

Cartões Amarelos: Joilson, Vovô, Israel, Catapora (CSE) Carlos Diogo, Matteus, Gilberto, Camilo (CSA)

Gols: Rogério (CSE) 22’ e Marciano (CSA) 44’ do 2º tempo

Equipes:

CSE: Carlinhos, Vovô, Paiva, Marcio e Cal; Israel, Clóvis, Joilson e Tazinho (Luciano Rosa); Rogério e Bruno Baiano (Cicinho)
Técnico: Washington Lobo

CSA: Gilberto, Augusto (Christiano Fernandes), Carlos Diogo, Fábio Lima e Marciano; Matteus (Neto), Anderson, Magno e Camilo; Fagner e Fábio Lopes (Thiago Potiguar)
Técnico: Hugo Sales