O perfil do presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), no microblog Twitter foi hackeado na tarde desta sexta-feira (24). Os hackers colocaram no perfil de Maia um link que dava acesso a um site com a foto de uma garota. Segundo a assessoria de Maia, o controle do perfil já foi restabelecido.

"O perfil do pres. Marco Maia foi temporiariamente hackeado, mas já restabelecemos o controle", postou a assessoria de Maia no Twitter.

A assessoria de Marco Maia informou ter tomado todas as precauções e medidas de segurança necessárias, tais como a troca da senha do perfil no microblog. A assessoria informou ainda que vai seguir monitorando o perfil de Maia para evitar novas violações.

Há três dias, sites do governo federal sofrem ataques de hackers. Na manhã desta sexta-feira, o site do Ministério da Cultura sofreu uma tentativa de ataque, de acordo com a assessoria de imprensa da pasta. Na madrugada, o site do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) foi invadido.

Também nesta sexta, o site da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) - www.infraero.gov.br -, vinculada ao Ministério da Defesa, saiu do ar. De acordo com a assessoria de imprensa, o site foi tirado do ar propositalmente para reforço na segurança, para evitar possíveis ataques de hackers. O site da Infraero contém informações de voos em todos os aeroportos do país.

O site do Ministério do Esporte ficou fora do ar na manhã desta sexta, mas por volta das 9h estava normalizado. A assessoria de imprensa da pasta havia informado na quinta que tiraria o site do ar para que seja feita uma varredura. Segundo a assessoria, o procedimento é padrão para o trabalho de rastreamento.