Mais de 5 mil ciclistas pedalaram hoje pela pista expressa da Marginal Pinheiros durante a realização do "Pedalando e Aprendendo", idealizado pelo Fundo de Solidariedade de São Paulo (Fussesp).

O evento foi promovido para dar mais visibilidade ao programa, que predente doar bicicletas a estudantes de municípios classificados como de baixo Índice de desenvolvimento humano.

O programa prevê a distribuição de bicicletas entre os alunos da rede estadual de ensino que vivem em zonas rurais e têm dificuldade para chegar à escola. Também capacita jovens para montar ou consertar bicicletas ajudando, assim, a aumentar a renda familiar.

De acordo com Mônica Serra, primeira dama do Estado e presidente do Fussesp, metade do objetivo já foi alcançado. "Já conseguimos a doação de mais de 2,5 mil bicicletas. É um programa que pode ajudar a mudar a realidade dessas pessoas e estamos empenhados nele."

O governador de São Paulo, José Serra, não acompanhou a mulher, primeira a ser inscrita no passeio. "Ele só pedala bicicleta ergométrica", disse.

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, número dois, participou da abertura do evento. De capacete, ele disse que pedala esporadicamente.

"É um evento importante para a cidade de São Paulo. A bicicleta está ganhando espaço e é uma festa para a cidade", disse.

Ainda assim, o prefeito não se comprometeu a instalar novas ciclovias na cidade. "Temos um plano para isso e ele está sendo tocado. Não temos nenhuma novidade nesse sentido agora", disse.

De acordo com a organização do evento, pouco mais de 5 mil pessoas se inscreveram para a prova.