Roberto Gonçalves
Roberto Gonçalves

Postado em 27/05/2017 às 11:33 0

Rogério Teófilo afirma que vai divulgar nomes de supostos funcionários “fantasmas”

Novas denuncias dão conta que existem contratados na folha atual, que não prestam serviços e que alguns deles estariam na capital e até fora do Estado.


Por Roberto Gonçalves

O prefeito  Rogério Teófilo (PSDB) afirmou que irá divulgar os nomes de supostos funcionários fantasmas, caso haja irregularidade na contratação de servidores do município. A decisão do gestor vem a tona após a prefeitura iniciar im processo de recadastramento de todos os efetivos da rede municipal.

O objetivo segundo o prefeito, é de fazer um levantamento para saber quais servidores efetivos estão realmente exercendo alguma função dentro da prefeitura. Aqueles que não efetuarem o recadastramento terão os nomes excluídos da folha e pagamento e terão de comparecer ao órgão municipal para resolver as pendências, explicou. 

Ao ser questionado se os nomes serão divulgados, caso ocorra alguma irregularidade no Censo, Rogério Teófilo respondeu que a divulgação será feita de imediato, mas antes disso, a prefeitura realizará uma auditoria na folha de pagamento. 

"Nosso objetivo foi primar pela transparência. Depois do censo será feita uma auditoria na folha. Porque são dois caminhos: primeiro é saber se a pessoa está trabalhando, onde e se está trabalhando a carga horária correta. Depois será um investimento na auditoria da folha porque se a pessoa não procurar o censo, será cortada, terá o direito de defesa.  Depois faremos o diagnóstico para colocar a verdade à sociedade arapiraquense", explica o prefeito. 

Por outro lado, existe denuncias de que existe contratados na atual gestão que não estão prestando serviços na Prefeitura de Arapiraca. Após a divulgação da relação de contratados pela atual gestão através do `Portal da Transparência foi colocado que alguns servidores residem em Maceió e outros estão fora do estado de Alagoas. Em pronunciamento na última sessão da Câmara Municipal o vereador Moisés Machado (PDT) afirmou que a prefeitura está repleta de “fantasminhas”.

Nas redes sociais, foi questionado que Moisés Machado teve forte participação na gestão anterior da então prefeita Célia Rocha  indicando nomes de aliados para contatação no serviço público. Machado teria contratado familiares para exercerem suas atividades em uma Unidade Básica de Saúde no bairro João Paulo II. As contratações foram fundamentais na eleição de 2016 quando Moisés Machado consegui o seu quinto mandato no Legislativo de Arapiraca.  

 


Postado em 26/05/2017 às 11:59 0

Sinteal quer adesão de pais de alunos na luta pela educação em Arapiraca

Greve continua e nova assembleia está marcada para o próximo dia (31) quarta-feira


Por Roberto Gonçalves

Após as explanações do prefeito Rogério Teófilo (PSDB), em uma coletiva na tarde desta quinta-feira (25), no Centro Administrativo dando conta de que o município de Arapiraca não tem recursos financeiros suficientes para conceder reajuste salarial aos professores, os trabalhadores da Educação da rede pública municipal decidiram pela realização nova assembleia geral na próxima quarta-feira (31) na Escola Hugo Lima a partir da 09 h.

Na pauta, entre outros pontos, informes sobre as várias tentativas de negociação com a prefeitura e encaminhamentos de luta do movimento grevista. O Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas (Sinteal/Agreste). Nessa assembleia o foco é buscar o apoio dos pais de alunos na luta pela educação na cidade mais importante do interior do Estado.

Segundo o presidente do sindicato em Arapiraca, André Luiz da Silva, o objetivo é integrar os pais de alunos e familiares à luta de cobrança ao prefeito Rogério Teófilo, para que apresente propostas para o reajuste salarial da categoria e projetos de melhoria da estrutura das escolas, para, com isso, pôr fim à greve na Educação desde o último dia 10 deste mes de maio.

Desde fevereiro deste ano, que a categoria vem tentando uma negociação com a secretária de Educação, Mônica Pessoa, que não apresentou proposta aos trabalhadores. As aulas começaram com atraso do ano letivo uma vez que a previsão era para início no dia 13 de março, mas a prefeitura decidiu que o calendário seria no dia 6 de abril.

Conforme previsto em lei, o mês de abril é a data-base para reajuste salarial dos professores de Arapiraca, mas como a prefeitura não apresentou nenhuma proposta, a categoria decidiu em assembleia geral decretar a paralisação das atividades.

Os professores reivindicam reajuste salarial de 7,64%, e a categoria também cobra da gestão a oferta de transporte escolar de qualidade, convocação do cadastro reserva da Educação e merenda escolar de qualidade para os alunos.


Postado em 25/05/2017 às 14:27 0

Professores de Arapiraca mantém paralisação

Professores de Arapiraca mantém paralisação


Por Roberto Gonçalves

Carlo Bandeira

Em assembleia geral realizada durante a manhã dessa quinta-feira (25) os professores da rede municipal de ensino de Arapiraca, decidiram pela permanência da greve. O encontro bastante positivo e com presença expressiva dos grevistas foi realizado na Escola Hugo Lima na Praça Luiz Pereira Lima.

Na assembleia, comandada pelo presidente do nucleo regional do Sinteal, André Luiz, os professores reconheceram o canal de dialogo que foi aberto pelo prefeito Rogério Teófilo (PSDB) no entanto, nada de concreto e não houve avanços.  “Vamos manter a greve até os estudos da situação for apresentada”, assegurou André Luiz.

‘Só agora resolveram entregar alguns documentos, cinco meses depois. E ainda vamos ter que analisar a situação, como também fazer recadastramento. Só agora’. ‘ Isso serve só pra ganhar tempo, completou o sindicalista.

 


Postado em 25/05/2017 às 08:37 0

Bando armado explode agencia do BB de Igaci

Ocorrência foi registrada na madrugada desta quinta-feira (25)


Por Roberto Gonçalves

Os Caixas eletrônicos do Banco do Brasil da cidade de Igaci no Agreste do Estado foram alvos da ação de um bando armado na madrugada desta quinta-feira (25) que explodiram os caixas de atendimento automático. A polícia foi acionada chegou ao local e a agência está isolada.

Segundo o testemunho de moradores, foram ouvidas pelo menos quatro explosões por volta das 2h da madrugada. Até o momento, não há informações sobre a quantia roubada pelos criminosos, que estariam fortemente armados e de posse de pelo menos dois a três veículos. Sendo uma caminhonete Amarok e dois carros de passeio.    

De acordo  com testemunhas, os criminosos abordaram um caminhoneiro, obrigando o mesmo a atravessar o caminhão na rodovia de acesso a para dificultar a chegada da polícia.

 


Postado em 24/05/2017 às 13:00 0

Professores fazem protesto nas ruas de Arapiraca

Categoria luta pelo reajuste de 7,64%, prefeito e secretária de Educação se recusam a receber representantes do Sinteal


Por Roberto Gonçalves

Claudio Roberto

Os professores da rede municipal de ensino de Arapiraca em greve pelo reajuste salarial desde o dia 09 deste mês realizaram uma passeata em protesto pelas principais ruas do centro da cidade na manhã desta quarta-feira (24). Gritando palavras de ordem como “Professor na rua, Rogério a culpa é sua”.

O protesto chamou a atenção das pessoas que circulavam no centro. Segundo o comando de greve,  a categoria não está recebendo a devida atenção do gestor da titular da pasta da educação que permanecem insensíveis ao grave problema que está ocorrendo com a educação e a paralisação que não tem data para encerrar o movimento que a cada daganha mas musculatura e adesões.  

Os profissionais da educação foram liderados pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinteal), núcleo Arapiraca, que tem como presidente André Luiz.“Não é admissível, que um homem que nasceu dentro de uma escola, tenha toda uma formação acadêmica, desde o pai, onde até já foram secretários de Educação do Estado, deixem o setor educacional chegar onde chegou, aliás, não chegou, parou”, sentenciou um dos professores.

Os professores estão em greve desde o último dia 9, onde tentam negociar o reajuste salarial da categoria que é de 7,64%. De acordo com o presdente do Sinteal está tentando dialogar com o prefeito Rogério Teófilo e com a secretária de Educação, Mônica Pessoa, pontos que eles consideram críticos como a estrutura física das escolas, carência de professores e funcionários, merenda escolar precária, superlotação do transporte escolar além descumprimento da Lei do Plano de Cargos e Carreira.

 


Postado em 24/05/2017 às 06:54 0

Chuvas causam transtornos nas ruas do centro de Arapiraca

Sem estrutura e sem se preparar para o inverno andar nas ruas do centro é complicado e perigoso


Por Roberto Gonçalves

Sete Segundos

As chuvas que continuam caindo com intensidade desde o último final de semana em Arapiraca estão causando muito transtorno à população da cidade mais imortante do ibterior do Estado. Motoristas e pedestres estão colocando galhos de árvore nos buracos para sinalizar e evitar acidentes na Rua Governador Luiz Cavalcante, próximo ao Parque Ceci Cunha, no Alto do Cruzeiro e nos deais bairros da periferia da cidade.

Os bairros mais prejudicados com as fortes chuvas são Primavera, João Paulo II, Cacimbas II, Arnon de Melo, Planalto dentre outros onde existe a falta de ações do poder público municipal. A grande lamentação da população está sendo feito nas redes sociais. Um motorista relatou que quase sofreu um acidente por consequência dos buracos causados. “É humilhante você ter que passar por isso”, lamentou.

Nas redes sociais, arapiraquenses postam fotos e pedem uma posição do poder público, pois essa situação está acontecendo há alguns meses no entanto poucas são as ações da atual gestão.

Na Rua Expedicionários Brasileiros, no bairro Baixa Grande, os buracos tomam conta de quase toda a via e formam uma enorme poça durante esses dias de chuva, prejudicando o pedestre e os condutores de veículos. O excesso de buracos no asfalto em diversas ruas da cidade complica, causa prejuízos e irrita os condutores. Muitos chegam a falar de acidentes que já foram causados devido a esses problemas.

.

 


Postado em 24/05/2017 às 06:15 0

Professores farão manifestação no Centro Administrativo nesta quarta (24)

Sem dialogo com o prefeito Rogério Teófilo categoria reivindica 7,64 por cento de reposição e condiçõs dignas de trabalho


Por Roberto Gonçalves

Os professores da rede municipal de ensino de Arapiraca, em greve desde o último dia (09) após assembleia decidiram realizar uma manifestação nesta quarta-feira (24) no Centro Administrativo no bairro Santa Edwiges. Desde o inicio da mobilização o gestor e a secretária municipal de Educação Mânca Pessoa se mantem irredutível e não abre um canal de negociação com a categoria.

No encontro, a liderança do movimento definiu  que, antes da mobilização no Centro Administrativo, a categoria irá se reunir em assembleia, a partir das 08 h, na Escola Hugo José Camelo Lima, localizada no Centro da cidade. “Não é invasão. É mais uma mobilização da nossa categoria”, explicou o presidente do Núcleo Arapiraca do Sinteal, professor André Luis da Silva.

De acordo com o sindicalista, a greve já tem adesão de 80% da categoria que ainda aguarda algum tipo de posicionamento do prefeito Rogério Teófilo o que não acontece desde fevereiro quando as negociações foram iniciadas. “A prefeitura não tem proposta. Sabemos que ela tem condições demais de dar esse reajuste aos trabalhadores da Educação”, salientou.

A categoria reivindica 7,64% de reposição referente ao piso nacional de Educação. Além disso, os profissionais reclamam que a Prefeitura ainda não se manifestou sobre um pedido feito pela Câmara Municipal, a respeito da situação das escolas públicas. Outra reivindicação trata da merenda escolar que, segundo eles, falta nas escolas municipais, além de pessoal, como professores e assistentes de apoio.

Outro ponto pleiteado pelos trabalhadores envolve a segurança. “Boa parte dos prédios das escolas têm problemas sérios em suas estruturas. E isso representa um perigo para nossos alunos e nossos profissionais. A Prefeitura não pode continuar no silêncio. Somos servidores públicos e merecemos o devido respeito”, destacou, ao lembrar que o prefeito Rogério Teófilo também é professor e servidor público pela Universidade Estadual de Alagoas (Uneal).

 


Postado em 23/05/2017 às 07:41 0

“Cheiroso” se recupera em clinica para reabilitação de dependentes quimicos

Cantor brega está bastante debilitado, mas, sua recuperação é positiva


Por Roberto Gonçalves

Após passar mal e ser internado no Hospital Regional de Arapiraca, onde permaneceu por um período de  nove dias, quando bebia com alguns amigos e teve uma crise convulsiva, sendo  socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhado para o Hospital Regional, o cantor José Carlos Santana da Silva, popularmente conhecido como “Cheiroso de Alagoas”, teve alta hospitalar na semana passada e já se encontra em uma Clínica para Reabilitação de Dependentes Químicos, na localidade Poção zona rural de Arapiraca.

Segundo a esposa do cantor que faz o genero brega e interpreta músicas do saudoso Adelino Nascimento, Aritânia, o cantor ainda está bastante debilitado, mas se recupera bem. Cheiroso vinha enfrentando problemas com o alcoolismo.“Quero informar aos fãs e amigos que torcem pelo seu pronto reestabelecimento, que o Cheiroso, vai passar fora do nosso convívio por um período de internação de seis meses”, afirmou ela, garantindo em tom de brincadeira, que o cantor está vivo e sua recuperação é positiva. “ graças a Deus e as orações dos amigos e o apoio da família, ele está bem e em breve vai voltar a fazer o que mais ele gosta, que é cantar”, explicou.

 


Postado em 22/05/2017 às 09:35 0

Central de Polícia Civil de Arapiraca está com superlotação

Problema se agrava nos finais de semana e os serviços de atendimento ao público ficam prejudicados


Por Roberto Gonçalves

A sede da Central de Polícia Civil de Arapiraca localizada na Avenida Miguel Correia de Amorim no Bairro Baixão registra está superlotada. Nesta segunda-feira (22), a unidade, que tem capacidade para cinco presos, está com 25. Segundo informações de agentes civis, sete deles estão algemados na recepção em um bancode madeira.

A delegacia é para flagrante e só deveria custodiar presos por um período de 24 horas. Após este tempo, eles devem ser transferidos para a Casa de Custódia. A assessoria da Polícia Civil disse que vai emitir nota sobre o problema que perdura há vários meses.

De acordo com um policial, que pediu para não ter seu nome revelado, o problema se agravou no final de semana. “Eles estão amontoados na cela no final da central. Até na caixa do ar-condicionado estão dormindo. Se levarmos mais algum preso lá para a cela é capaz de ocorrer uma rebelião”, afirmou.

O policial disse ainda que como os presos estão algemados na recepção fica difícil o atendimento ao público. “Fica difícil porque sempre temos que levá-los ao banheiro e isso atrapalha nossos serviços”, explicou. A cela onde comporta os presos era um banheiro e foi adaptada as condições são insalubres até para os policiais civis que atuam na unidade de Polícia Civil.


Postado em 21/05/2017 às 14:11 0

Jovens são executados durante festa religiosa em Penedo

Ocorrência foi registrada na Vila Matias parte alta da cidade


Por Roberto Gonçalves

Dois jovens identificados como Brunbo Rafael da Silva Sales 21 anos e um outro identificado apenas por Alexandre foram executados a tiros durante uma festa religiosa na Vila Matias, parte alta da cidade na noite deste sábado (20)

De acordo com informações da Polícia Militar, o duplo crime ocorreu na via pública e assustou moradores da comunidade que acompanhavam as celebrações religiosas.

 Os jovens foram executados na Rua Nossa Senhora Auxiliadora por homens não identificados até o momento e são desconhecidos a motivação para o duplo assassinato

Bruno Rafael morreu no local antes mesmo de receber atendimento médico. Já Alexandre foi socorrido e encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Penedo, mas não resistiu aos ferimentos. Os corpos após o trabalho de pericia do Instituto de Criminalística (IC) foram levados para o IML de Arapiraca para necropsia. 
 


Postado em 21/05/2017 às 11:34 0

Teófilo não recebe professores e Sinteal divulga Carta a população

Professores estão em greve desde o último dia (09) na luta pelo reajuste salarial de 7,64% e condições dignas de trabalho



Indignados com o prefeito Rogério Teófilo (PSDB) e a secretária municipal de Educação, Mônica Pessoa a diretoria do núcleo regional do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinteal) Agreste divulgou nesta sexta-feira (20) uma Carta Aberta a população arapiraquense. A categoria está em greve desde o último dia (09) na luta pelo reajuste salarial data base de 7.64% e o gestor não abre um canal de negociação com os professores que se mobilizam para um grande movimento em Arapiraca.    

CARTA ABERTA A COMUNIDADE ARAPIRAQUENSE 

Nós trabalhadores em Educação da Rede Municipal de Arapiraca, que desde o último dia 09 de maio do corrente ano, deflagramos uma Greve devido os problemas que temos passado durante os últimos meses de gestão Rogério Teófilo, o SINTEAL Núcleo Regional Agreste – Arapiraca – vem informar à todos os acontecimentos na Educação de Arapiraca os quais consideramos de suma importancia para a comunidade Arapiracaquense.

 Desde fevereiro estamos tentando dialogar com a Prefeitura sobre pontos críticos na educação como: estrutura física das escolas, carência de professores e funcionários, merenda escolar precária, superlotação do transporte escolar e descumprimento da lei do plano de cargos e carreira, desobedecendo assim o nosso reajuste salarial que é o mês de Abril, sabendo que a educação tem verba própria.

 Para nossa surpresa, o gestor mesmo sendo educador não tem dado o menor valor à esta categoria, fechando assim todos os canais de diálogo. Não nos atende, não responde aos oficios enviados, por esses motivos tem causado indignação a todos nós e decidimos paralisar as atividades, prejudicando toda a sociedade arapiraquense

 Visto a repercussão do movimento, preocupados com os índices de negatividade da educação de Arapiraca resolvemos ocupar a sede da prefeitura para sermos recebidos, porém tanto o prefeito quanto a secretaria de educação nos ignoram como se não tivessem nada com isso. Incrível a atitude de alguém que se diz educador.

 Esperamos que todos os senhores pais e toda sociedade estejam cientes e atentos a uma que o trabalho da educação gera o maior patrimônio que se ode oferecer a um filho. Portanto possui um valor inestimável para a comunidade.

 Nós trabalhadores em educação, trilhamos um duro caminho para atingir o objetivo de ensinar e atender aos nossos alunos da melhor forma possível; mas são necessárias condições minimas para que isso ocorra.

 Solicitamos que todos os cidadãos de Arapiraca sejam solidários com os movimentos de defesa da dignidade profissional, seja por remuneração digna e justa, seja por condições de trabalho.

 Acreditamos no governo pautado na transparência, impessoalidade e que respeite as características de cada segmentos do nosso município.

 

                                                      Diretoria do Sinteal-Núcleo Regional Agreste.

 


Postado em 20/05/2017 às 17:18 0

Complexo de Equoterapia realiza ação social pet em Arapiraca

Ação foi realizada durante todo o dia no bairro Primavera e contou com a presença do deputado estadual Tarcizo Freire


Por Roberto Gonçalves

Neste sábado (20) foi realizada durante todo o dia uma Ação Social Pet, promovida pelo Complexo Multidisciplinar de Equoterapia Tarcizo Freire em parceria com o médico veterinário  Daniel Tenório, no bairro Primavera um dos mais populosos de Arapiraca. O projeto, idealizado pela instituição que está a cada dia ampliando suas ações socias  em Arapiraca  tem como objetivo atender animais de pequeno porte, cães e gatos de famílias carentes que não podem pagar uma consulta em clinicas veterinarias de Arapiraca.  

Durante todo o dia uma equipe especializada de forma voluntária, realizou cadastros, consultas, avaliações clínicas, encaminhamentos, além de orientações aos donos dos animais. A ação social pet vai atender todos os bairros de Arapiraca, podendo se expandir para outros municípios do estado de Alagoas e da região Agreste explicou o diretor do Complexo de Equoterapia, Michael Freire que considerou a ação muito positiva pela adesão e satisfação das pessoas atendidas com seus animais. Os trabalhos foram iniciados pela manhã e foi muito grande a presença de pessoas com os seus animais de estimação na busca da prestação do serviço gratuito.