Adalberto Saturnino é eleito presidente do Legislativo de Arapiraca

 O vereador Adalberto Saturnino de Almeida (PMDB) foi eleito presidente da Câmara Municipal de Arapiraca na eleição realizada no plenário da Casa na tarde desta segunda-feira, 20. O vereador Daniel Rocha (PTB) foi eleito vice presidente tendo como 1º secretário o vereador Robério de Lima Ataíde e segundo secretário o vereador Clarindo Lopes. A nova Mesa Diretora vai administrar a Casa Herbene Melo no biênio 2011/2012, a partir de janeiro de 2011.

Antes da eleição disputavam o cargo de presidente as vereadoras Gilvania Barros (PTB) e Graça Lisboa (PTN), mas após os entendimentos de bastidores, minutos antes da eleição decidiram pelo recuo em nome do consenso em favor do vereador Adalberto Saturnino.

O vereador Tarcizo Freire do PMDB não compareceu a sessão extraordinária e houve um voto nulo.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Eleição que define Mesa Diretora do Legislativo de Arapiraca será definida nesta segunda-feira 20

 Está confirmada para esta segunda-feira, 20, às 16 horas, no plenário da Câmara Municipal de Arapiraca a eleição que definirá o presidente do Legislativo e demais cargos para o biênio 2011/2012. Os vereadores já foram convocados pela presidência para a sessão extraordinária.
Dois grupos de vereadores disputam o poder, um é liderado pelo atual presidente Josias Albuquerque (PMDB) e pelo vereador e ex-residente, Moisés Machado (PMDB). O outro grupo é liderado pela vereadora Gilvania Barros que está no segundo mandato no Legislativo e conta com o apoio do irmão, o deputado estadual Gilvan Barros (PSDB) A vereadora Graça Lisboa que está no primeiro mandato também tem pretensões de conquistar a presidência da Cada Legislativa Herbene Melo. Segundo observadores tem poucas chances.
Antes da contagem dos votos dos 13 vereadores é imprevisível qualquer previsão de favoritismo. O prefeito Luciano Barbosa (PMDB) conta com o apoio de 11 dos 13 vereadores e poderá ser o fiel da balança na decisão de quem comandará o Legislativo arapiraquense nos próximos dois anos.
Nos bastidores comenta-se a possibilidade da candidatura de Rogério Nezinho, irmão do deputado estadual Ricardo Nezinho que foi vereador em quatro mandatos e ocupou a presidência da Casa por dois mandatos consecutivos. Rogério Nezinho assim com o irmão deputado são aliados do prefeito Luciano Barbosa.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Servidores públicos de Palmeira dos Índios receberão 13º neste sábado 18

 Os funcionários públicos do município de Palmeira dos Índios deverão receber o 13º salário neste sábado (18), o anuncio foi feito pelo prefeito do município James Ribeiro (PSDB). De acordo com o gestor as folhas de pagamento já foram enviadas ao Banco do Brasil, aguardando somente a liberação para conta dos funcionários incluindo funcionários comissionados .

No total serão recursos da ordem de R$ 1.625.800,00 que serão injetados no comércio local com o pagamento do 13º salário do funcionalismo público municipal.
Desde que assumiu os destinos da Prefeitura de palmeira dos Índios, o prefeito James Ribeiro vem cumprindo rigorosamente o calendário de pagamento dos servidores públicos municipais. “É uma questão de honra,” assegurou o prefeito.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Secretárias municipais expõem ação de suas pastas no legislativo de Arapiraca

A Câmara Municipal de Arapiraca realizou esta semana duas sessões ordinárias, e contou com a participação das secretárias de Saúde, Aurélia Fernandes, na terça-feira 14, e na quarta-feira, 15, Caroline Albuquerque,titular da municipal de De4senvolvimento Urbano e Habitação e Helena Virginia, de Planejamento.
Na terça-feira, a secretária Aurélia Fernandes, fez uma ampla explanação sobre as ações da sua pasta em Arapiraca.
Ao usar a tribuna na explicação pessoal, o vereador Moisés Machado (PMDB) disse que a presença da secretária traz benefícios para todos com seus esclarecimentos.
Porém, assegurou, que as críticas atribuídas à saúde em Arapiraca, são para um melhor desempenho do setor.

Moisés Machado agradeceu aos colegas, pela aprovação do Projeto que regulamenta o tratamento às Microempresas e empresas de pequeno porte.
Ao falar sobre o projeto, o vereador disse esperar que o prefeito Luciano Barbosa (PMDB) faça uma melhor avaliação com os técnicos do SEBRAE, para que só desta forma, o município possa sair ganhando com a arrecadação de impostos.
Ainda na mesma sessão, a vereadora e vice-presidente Graça Lisboa, fez uma saudação especial a estudante Márcia Santiago, vencedora da 2ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa, ressaltando que ficou bastante emocionada ao ver a estudante receber a medalha das mãos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, destacando a importância desta conquista, principalmente por levar o nome de Arapiraca e da Escola Manoel Lúcio em nível nacional, como também a professora da escola, Maria Lucely, por ter orientado a aluna.

O vereador Daniel Rocha (PTB) solicitou à SMTT, providências no que diz respeito a Resolução 304 de dezembro de 2004, que dispõe sobre vagas de estacionamento destinadas exclusivamente a veículos que transportem pessoas portadoras de deficiências, como também, o cumprimento da Resolução 303 de dezembro de 2008, que dispõe sobre vagas exclusivamente para idosos.
Já na quarta-feira, a Câmara Municipal de Arapiraca, recebeu Caroline Albuquerque, secretária de Desenvolvimento Urbano e Habitação e Helena Virginia.
As duas secretárias levaram aos vereadores, uma minuta do projeto que dispõe sobre o parcelamento de solo urbano em Arapiraca.
Durante mais de duas horas, as duas secretárias detalharam para os vereadores, quais os povoados que poderão ser transformados em centros urbanos, como por exemplo, Bálsamo, Pau d’Arco, Lagoa Cavada e Capim.
Por sua vez, o vereador João dos Santos, pediu as secretárias que retirem do projeto estas comunidades, por entender segundo ele, que elas perderiam recursos federais, citando como exemplo, verbas dos Pronafs.
Tanto Caroline Albuquerque, quanto Helena Virginia, garantiram que vão mudar a minuta do projeto e que em momento algum, pensaram em prejudicar qualquer comunidade.
Ao final, ficou definido, que uma comissão de vereadores, secretários estarão visitando essas comunidades em data a ser agendada para discutir o assunto.
Ao encerrar, o presidente Josias Albuquerque, disse que a Câmara Municipal de Arapiraca estava satisfeita com a presença das duas secretárias, que tomaram a iniciativa de levar ao Legislativo um projeto para ser discutido, onde muitas vezes, esses projetos chegam em cima da hora para serem votados, o que no seu entender, é errado.

Eleição da Mesa Diretora

Será na próxima segunda-feira, 20, às 16h00, a eleição para eleger a nova Mesa Diretora da Câmara Municipal de Arapiraca, para o biênio 2011/2012.

A Sessão extraordinária, convocada pelo presidente Josias Albuquerque, acontece no plenário do Poder Legislativo de Arapiraca e contará com a presença dos 13 vereadores.

Segundo Josias Albuquerque, que presidirá os trabalhos, a convocação para que todos os vereadores participem da votação, foi feita através de ofício encaminhado aos parlamentares.
 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Crianças participam da Campanha Unicef contra o racismo

 Crianças de todas as cores, idades, etnias, cheias de sonhos e oriundas de várias partes de Alagoas estiveram na sexta-feira (03.12) na Serra da Barriga em União dos Palmares, local onde se formou o maior e mais importante Quilombo já registrado e que teve uma população multi-étnica em busca de liberdade e justiça social. Na ocasião foi lançada a Campanha “Por uma infância sem racismo”, uma iniciativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) em parceria com várias instituições. A solenidade iniciou com a leitura das dez maneiras de contribuir para uma infância sem racismo, informações apresentadas por alunos de escolas públicas. Em seguida, ocorreram os pronunciamentos das autoridades: o Prefeito de União dos Palmares, Areski Freitas; Nadja Lessa, Secretaria Adjunta da Mulher, Cidadania e Direitos Humanos; Claudio Leite, o Mestre Claudio, do Escritório Estadual da Fundação Cultural Palmares/Ministério da Cultura; Dr. Claudio Soriano, Presidente do Conselho Estadual de Direito da Criança e Adolescente; o professor Carlinhos da Associação Muzenza Capoeira, representando todas as entidades da sociedade civil que aderiram à Campanha; e por último, Salvador Soler, coordenador do UNICEF nos estados de Alagoas, Pernambuco e Paraíba.
O coordenador Salvador Soler apresentou os principais objetivos e metas da campanha nacional que a princípio terá uma duração de doze meses, com o intuito de sensibilizar a sociedade e os veículos de comunicação sobre os efeitos do racismo na infância. Também, foram exibidas peças de divulgação como o encarte informativo, blog e vídeos que contou com a interpretação de Lázaro Ramos – ator, ativista e Embaixador do Unicef. A estudante Daniele Ferreira de onze anos é uma das crianças que enfrenta diariamente o preconceito de coleguinhas da escola que implicam com o seu cabelo afro e fazem constantemente piadas ofensivas. Mas a menina, que foi escolhida para ser a mestre de cerimônia mirim, não se deixa abater, afirmou que ignora porque tem orgulho de ser negra, é feliz e se considera linda. O UNICEF está comemorando 60 anos de atuação e sempre monitora os indicadores sociais relacionadas à saúde, educação, moradia, segurança e em outros segmentos; além de buscar o empoderamento das crianças para que conheçam seus direitos e sejam protagonistas das ações. De acordo com dados estatísticos do IBGE e do PNAD, no Brasil vivem 31 milhões de crianças negras e 150 mil crianças indígenas, onde cerca de 26 milhões das crianças brasileiras vivem em condições de pobreza e 17 milhões são negras. SimbologiaA escolha da Serra da Barriga para realizar o lançamento da Campanha em Alagoas não foi uma decisão unilateral, e sim, definida em consenso pelas mais de 30 instituições públicas e privadas parceiras. “Quando eu cheguei aqui, me senti entrando em um local sagrado. E estou muito feliz pela simbologia de liberdade e resistência que esse lugar tem, onde pessoas que mesmo não sendo reconhecidas lutaram por liberdade e respeito. Então, estar aqui, nos anima a continuar lutando por igualdade na infância e na expectativa que todas as parcerias conquistadas permaneçam contribuindo para a promoção do respeito étnico”, declarou Soler. ApresentaçõesO dia de mobilização também contou com apresentações artísticas, onde as crianças alagoanas exibiram seus talentos na arte de representar, dançaram, cantaram e batucaram. Teve o grupo Malungos do Ilê, Afoxé Odô Iyá, Banda Afro Nação Dandara, o Grupo Ará Fun Fun Omagerê que é vinculado ao Grupo União Espírita Santa Bárbara (Guesb), aulão de capoeira e a presença especial do Coral Canarinhos Aracaju de Sergipe que existe há onze anos sob a regência do Maestro Carlos Magno do Espírito Santo. Estiveram presentes aproximadamente 230 crianças no total, oriundas de escolas públicas de vários municípios; de três comunidades quilombolas Muquém, Filús e Jusarinha; indígenas da Tribo Xucuru Cariri; além de representações de comunidades em áreas de vulnerabilidade social a exemplo da Vila Emater II, Bebedouro, Benedito Bentes, Conjunto Village Campestre e Ponta da Terra.

 

Assessoria

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Servidores do Legislativo de Arapiraca elegem diretoria da Ascama

 Os servidores da Câmara Municipal de Arapiraca respaldaram através de votação a chapa única “A luta Continua” da diretoria da Associação dos Servidores da Câmara Municipal de Arapiraca – (Ascama) para o biênio 2011/2012.

A única mudança foi à substituição da cabeça da chapa da servidora Roselene Gloria Batista para o servidor Josivaldo Rodrigues Pinheiro o “Branco”.

A diretoria eleita ficou assim constituída presidente; Josivaldo Rodrigues Pinheiro. Vice-presidente – Roselene Gloria Batista. 1ª secretária Ana Lúcia Silva Sampaio. Josefa Tenório de Menezes 2ª secretaria, tesoureira – Aldinete de Almeida Silva. 2ª tesoureiro – Regivaldo de Almeida Torres.

Conselho Fiscal – Andre Luiz da Silva – presidente. Maria de Lourdes Ferreira Melo e Rosane Vital Rios membros. Conselho Deliberativo; Paulo Celso da Silva – presidente. Ana Cistina da Silva e Vera Lúcia Damasceno membros.

O novo presidente da instituição Josivaldo Rodrigues Pinheiro, assegurou que a Ascama vai continuar com a sua finalidade na defesa dos servidores do legislativo no cumprimento do Estatuto e, sobretudo, atuando como porta voz dos servidores junto a Mesa Diretora do Poder Legislativo arapiraquense.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Portadores de deficiência de Palmeira dos Índios tem espaço no mercado de trabalho

 Os portadores de deficiência física de Palmeira dos Índios terão, a partir desta quinta-feira (9), uma oportunidade de inserção no mercado de trabalho. Isso porque, graças a uma parceria entre a Universidade Federal de Alagoas (Ufal), 1º Centro de Reabilitação, Associação dos Deficientes Físicos e Secretaria Municipal de Saúde será feito um cadastro de reserva para inclusão no mercado de trabalho dessa parcela da população.
Os interessados precisam ser maiores de 18 anos e não é necessário ter experiência profissional, já que deverão receber treinamentos para a inclusão no mercado de trabalho. As inscrições serão feitas das 08 às 18 horas no 1º Centro de Reabilitação, localizando em Vila Nova, vizinho ao PSF no mesmo bairro em Palmeira dos Índios.

Assessoria

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Escola completa 40 anos resgatando origens e tradições

 A Escola Municipal José Pereira Lúcio, localizada na comunidade de Bananeiras um das mais populosas e importantes de Arapiraca completou 40 anos de fundação uma bem organizada programação. A Unidade escolar foi construída em 1970 pelo então prefeito João Batista Pereira da Silva.
O ponto alto das comemorações foi a realização do desfile estudantil pelas principais ruas da Vila Bananeiras prestigiado por um expressivo público. O tema do desfie apresentado foi o projeto Fontes das Bananeiras, um resgate das origens da comunidade que envolveu todo corpo docente e discente e a própria comunidade, segundo explicou a professora Marluce Magalhães. Outras unidades de ensino da rede municipal prestigiaram as comemorações participando do desfile a exemplo das escolas das comunidades: Bálsamo, Batingas, Alazão e Pau D’arco que apresentaram como tema as comunidades quilombolas.
O secretário Josivan Vital representou o prefeito Luciano Barbosa (PMDB) na solenidade.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Câmara Municipal de Arapiraca realiza sessão ordinária

 A Câmara Municipal de Arapiraca realizou nesta quarta-feira, 1º sessão ordinária e contou com a presença da maioria dos vereadores para discussão e aprovação de várias matérias de interesse da população arapiraquense.
A vereadora Gilvania Barros (PMDB) solicitou da secretaria municipal de Obras e Viação, a revitalização da Praça José Pereira Leão, popularmente conhecida como Praça dos Curis.
De acordo com a vereadora, por ser uma praça localizada no centro da cidade e também está próxima da Igreja Senhor do Bonfim eser uma das mais tradicionais e mais antiga de Arapiraca, necessita urgente da revitalização.
Vereadora reivindica ensino médio para comunidades
A vereadora Graça Lisboa solicitou ao secretário de Estado da Educação, Rogério Teófilo, a implantação do ensino médio na Vila Bananeira em parceria com o município e nas Escolas Padre Jefferson de Carvalho, no bairro Guaribas e na Escola Professor Moacir Teófilo, no bairro Canafístula.
Em sua justificativa, a vereadora, ressalta que os estudantes dessas localidades que deixam suas casas no início da noite, são obrigados a retornarem após as 23 horas, isso porque têm que pegar três ônibus.
De acordo com a vereadora, só no bairro de Bananeira, cerca de 250 alunos se deslocam diariamente para Arapiraca para estudar. O mesmo acontece, segundo a parlamentar, com cerca de 150 alunos que deixam a Canafístula todas às noites, para também estudar em Arapiraca, tornando a vida desses estudantes bastante difícil. Muitos deles, por enfrentarem tantas dificuldades, terminam desistindo de continuar os estudos.
Problemas de estacionamento no centro de Arapiraca
O vereador João dos Santos (PMDB) solicitou à SMTT, implantação de estacionamento municipal nas ruas que dão acesso ao comércio de Arapiraca.
De acordo com o vereador, hoje é praticamente impossível encontrar um lugar para estacionar no centro da cidade, tão grande é o número de veículos na cidade, justificou.
João dos Santos, disse que mesmo os estacionamentos particulares em Arapiraca, encontram dificuldades para atender a demanda de veículos.
Ele lamentou também, que com as últimas medidas adotadas pela SMTT, de que não se pode estacionar no centro de Arapiraca nem por dois minutos, sem que o veículo seja guinchado pela SMTT, é preciso encontrar um local adequado para a instalação desses estacionamentos municipais.
Audiência com o governador
O vereador Moisés Machado, (PMDB) usou a tribuna para comunicar aos demais vereadores, que ele, o presidente Josias Albuquerque, os vereadores Severino Pessoa (PPS)e Tarcizo Freire (PMDB) participaram em Maceió, de um encontro agendado pelo secretário de Estado da Educação , Rogério Teófilo, com o secretário de Saúde, Herbert Motta, para falar sobre o Hospital Chama, que não estava realizando cirurgia porque o Governo do Estado teria reduzido drasticamente os valores dos convênios com aquela unidade hospitalar.
De acordo com Moisés Machado, a medida prejudicou bastante a população que não tinha onde ser atendida, a não ser que tivesse um bom poder aquisitivo.
Ele disse que ao tomar conhecimento da situação, o secretário Herbert Mota, resolveu o problema, mas que é preciso evitar tais transtornos e saber de quem é a responsabilidade, se da Secretaria Estadual de Saúde ou da secretaria municipal de Saúde de Arapiraca, porque o único prejudicado é o povo que fica sem assistência médica adequada.
Moisés Machado, disse ainda, que durante a tribuna livre, quando terá a participação da secretária municipal de Saúde, Aurélia Fernandes, vai cobrar dela as responsabilidades com o setor em Arapiraca.
Já o presidente Josias Albuquerque, disse que preferia não se manifestar sobre o assunto, mesmo tendo participado do encontro com o secretário estadual Herbert Motta, porque vai esperar à noite de hoje, para ouvir da secretária quais suas justificativas para os problemas relacionados à saúde de Arapiraca.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Dia mundial de luta contra a Aids é comemorado em Palmeira dos Índios

 A passagem do Dia Mundial de Luta Contra a Aids foi comemorada em Palmeira dos Índios com uma caminhada na manhã desta quarta-feira (1º). Além dessa atividade, houve distribuição de camisinhas na Praça da independência, no Centro da cidade.
O foco da campanha deste ano é o preconceito e o público-alvo é o jovem. Isso porque, de acordo com o Boletim Epidemiológico Aids/2010 comprovou que, mesmo os jovens tendo alto conhecimento sobre a prevenção da patologia, há tendência de crescimento do vírus entre essa parcela da população. Um levantamento feito com mais de 35 mil jovens de 17 a 20 anos indica que, em cinco anos, a prevalência do vírus nesse público passou de 0,09% para 0,12%.
Na cidade de Palmeira dos Índios já foi implantado o teste rápido de HIV/Aids. Os testes são gratuitos e podem ser feitos todos os dias no Posto Vida.
De 1980 a junho deste ano, foram registrados 592.914 casos de Aids no Brasil, de acordo com o Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais, do Ministério da Saúde. Ao longo desse período, mais de 220 mil mortes ocorreram em decorrência da doença.

Contaminação
A contaminação pelo vírus acontece principalmente pela relação sexual. O vírus da Aids pode ser encontrado no sangue, no esperma, na secreção vaginal e também no leite materno das pessoas já infectadas pelo vírus. Após a transmissão, a doença pode demorar até 10 anos para se manifestar através de sintomas como febre alta, diarréia constante, crescimento dos gânglios linfáticos, perda de peso e erupções na pele.
Após esse período, quando a resistência começa a cair ainda mais, várias doenças oportunistas começam a aparecer, entre elas a pneumonia, alguns tipos de câncer, problemas neurológicos, perda de memória, dificuldades de coordenação motora. Caso não sejam tratadas de forma rápida e correta, estas doenças podem levar o soropositivo à morte em pouco tempo.

Prevenção
A prevenção contra a Aids é feita evitando-se todas as formas de contágio. Com relação à transmissão via relação sexual, a maneira mais indicada é a utilização correta de preservativos durante as relações sexuais, sejam eles masculinos ou femininos. Outra maneira é a utilização de agulhas e seringas descartáveis em todos os procedimentos médicos.

Tratamento
Como não há um medicamento que cure a doença, há princípios ativos que fazem o controle do vírus na pessoa com a doença, sendo o mais utilizado o AZT (Zidovudina). A principal função do AZT é impedir a reprodução do vírus da Aids ainda em sua fase inicial. Outros medicamentos usados no tratamento da Aids são: DDI (Didanosina), DDC (Zalcitabina ), 3TC ( Lamividina ) e D4T (Estavudina).

Conheça dez mitos sobre a enfermidade, que fazem parte da campanha 10 Mitos e 1 Verdade: a Aids existe. Previna-se, realizada em São Paulo pelo Instituto Kaplan - Centro de Estudos da Sexualidade Humana, com o apoio da Abbott. As explicações abaixo são de Camila Macedo Guastaferro, psicóloga, educadora sexual e coordenadora de projetos do Instituto Kaplan.
1 - HIV e Aids são a mesma coisa
O HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana) é o vírus causador da Aids (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida), doença que ataca o sistema imunológico. Há muitas pessoas soropositivas (com o vírus) que vivem durante anos sem desenvolver a síndrome.
2 - Não é preciso se preocupar com a Aids porque já existe tratamento
Em primeiro lugar, a Aids tem tratamento, mas não apresenta cura. Além disso, os medicamentos devem ser tomados por toda a vida e podem causar efeitos colaterais, como diarreia e vômito.
3 - Quem é HIV positivo não precisa fazer sexo seguro
Sexo sem proteção pode fazer com que a pessoa entre em contato com outro subtipo de HIV ou ainda aumente a sua carga viral. Fora isso, abre espaço para contrair outras doenças sexualmente transmissíveis.
4 - Sexo oral não transmite o HIV
O sexo oral também proporciona contato direto com secreções sexuais e, caso haja algum ferimento na boca ou no tubo gástrico de quem o faz, pode ocorrer a transmissão, sim.
5 - Um casal virgem não corre risco de pegar HIV
O vírus não é transmitido apenas pelo sexo. Pode-se contraí-lo ao compartilhar seringas e agulhas; em transfusão de sangue contaminado; durante o parto normal. Portanto, alguém virgem pode ser portador do vírus e passá-lo.
6 - Quem tem parceiro fixo não precisa usar camisinha
Mesmo se for feito um teste que comprove que o parceiro não é portador do HIV, ele pode adquirir depois.
7 - Quem tem HIV não pode ter filhos
Se o casal tem algum portador do vírus, é importante procurar por um médico para indicar as formas de evitar a transmissão para o filho e o parceiro. Vale mencionar que o HIV não afeta a fertilidade.
8 - A Aids pode ser transmitida pelo beijo
A saliva não tem carga viral suficiente para transmitir a doença. Mas, se o portador tiver um sangramento considerável na boca e o parceiro apresentar uma ferida, pode haver contágio. A situação é rara.
9 - O teste de HIV só deve ser feito quando há suspeita de Aids
É importante descobrir o vírus o quanto antes para evitar a Aids e suas complicações. Portanto, quem praticou sexo inseguro, compartilhou seringas e teve contato com sangue deve fazer o teste.
10 - Quem tem HIV desenvolverá Aids, inevitavelmente
O tratamento oferece a possibilidade de a Aids não se manifestar.

 

 

Carlos Alberto Jr.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.
Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com