Escola completa 40 anos resgatando origens e tradições

 A Escola Municipal José Pereira Lúcio, localizada na comunidade de Bananeiras um das mais populosas e importantes de Arapiraca completou 40 anos de fundação uma bem organizada programação. A Unidade escolar foi construída em 1970 pelo então prefeito João Batista Pereira da Silva.
O ponto alto das comemorações foi a realização do desfile estudantil pelas principais ruas da Vila Bananeiras prestigiado por um expressivo público. O tema do desfie apresentado foi o projeto Fontes das Bananeiras, um resgate das origens da comunidade que envolveu todo corpo docente e discente e a própria comunidade, segundo explicou a professora Marluce Magalhães. Outras unidades de ensino da rede municipal prestigiaram as comemorações participando do desfile a exemplo das escolas das comunidades: Bálsamo, Batingas, Alazão e Pau D’arco que apresentaram como tema as comunidades quilombolas.
O secretário Josivan Vital representou o prefeito Luciano Barbosa (PMDB) na solenidade.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Câmara Municipal de Arapiraca realiza sessão ordinária

 A Câmara Municipal de Arapiraca realizou nesta quarta-feira, 1º sessão ordinária e contou com a presença da maioria dos vereadores para discussão e aprovação de várias matérias de interesse da população arapiraquense.
A vereadora Gilvania Barros (PMDB) solicitou da secretaria municipal de Obras e Viação, a revitalização da Praça José Pereira Leão, popularmente conhecida como Praça dos Curis.
De acordo com a vereadora, por ser uma praça localizada no centro da cidade e também está próxima da Igreja Senhor do Bonfim eser uma das mais tradicionais e mais antiga de Arapiraca, necessita urgente da revitalização.
Vereadora reivindica ensino médio para comunidades
A vereadora Graça Lisboa solicitou ao secretário de Estado da Educação, Rogério Teófilo, a implantação do ensino médio na Vila Bananeira em parceria com o município e nas Escolas Padre Jefferson de Carvalho, no bairro Guaribas e na Escola Professor Moacir Teófilo, no bairro Canafístula.
Em sua justificativa, a vereadora, ressalta que os estudantes dessas localidades que deixam suas casas no início da noite, são obrigados a retornarem após as 23 horas, isso porque têm que pegar três ônibus.
De acordo com a vereadora, só no bairro de Bananeira, cerca de 250 alunos se deslocam diariamente para Arapiraca para estudar. O mesmo acontece, segundo a parlamentar, com cerca de 150 alunos que deixam a Canafístula todas às noites, para também estudar em Arapiraca, tornando a vida desses estudantes bastante difícil. Muitos deles, por enfrentarem tantas dificuldades, terminam desistindo de continuar os estudos.
Problemas de estacionamento no centro de Arapiraca
O vereador João dos Santos (PMDB) solicitou à SMTT, implantação de estacionamento municipal nas ruas que dão acesso ao comércio de Arapiraca.
De acordo com o vereador, hoje é praticamente impossível encontrar um lugar para estacionar no centro da cidade, tão grande é o número de veículos na cidade, justificou.
João dos Santos, disse que mesmo os estacionamentos particulares em Arapiraca, encontram dificuldades para atender a demanda de veículos.
Ele lamentou também, que com as últimas medidas adotadas pela SMTT, de que não se pode estacionar no centro de Arapiraca nem por dois minutos, sem que o veículo seja guinchado pela SMTT, é preciso encontrar um local adequado para a instalação desses estacionamentos municipais.
Audiência com o governador
O vereador Moisés Machado, (PMDB) usou a tribuna para comunicar aos demais vereadores, que ele, o presidente Josias Albuquerque, os vereadores Severino Pessoa (PPS)e Tarcizo Freire (PMDB) participaram em Maceió, de um encontro agendado pelo secretário de Estado da Educação , Rogério Teófilo, com o secretário de Saúde, Herbert Motta, para falar sobre o Hospital Chama, que não estava realizando cirurgia porque o Governo do Estado teria reduzido drasticamente os valores dos convênios com aquela unidade hospitalar.
De acordo com Moisés Machado, a medida prejudicou bastante a população que não tinha onde ser atendida, a não ser que tivesse um bom poder aquisitivo.
Ele disse que ao tomar conhecimento da situação, o secretário Herbert Mota, resolveu o problema, mas que é preciso evitar tais transtornos e saber de quem é a responsabilidade, se da Secretaria Estadual de Saúde ou da secretaria municipal de Saúde de Arapiraca, porque o único prejudicado é o povo que fica sem assistência médica adequada.
Moisés Machado, disse ainda, que durante a tribuna livre, quando terá a participação da secretária municipal de Saúde, Aurélia Fernandes, vai cobrar dela as responsabilidades com o setor em Arapiraca.
Já o presidente Josias Albuquerque, disse que preferia não se manifestar sobre o assunto, mesmo tendo participado do encontro com o secretário estadual Herbert Motta, porque vai esperar à noite de hoje, para ouvir da secretária quais suas justificativas para os problemas relacionados à saúde de Arapiraca.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Dia mundial de luta contra a Aids é comemorado em Palmeira dos Índios

 A passagem do Dia Mundial de Luta Contra a Aids foi comemorada em Palmeira dos Índios com uma caminhada na manhã desta quarta-feira (1º). Além dessa atividade, houve distribuição de camisinhas na Praça da independência, no Centro da cidade.
O foco da campanha deste ano é o preconceito e o público-alvo é o jovem. Isso porque, de acordo com o Boletim Epidemiológico Aids/2010 comprovou que, mesmo os jovens tendo alto conhecimento sobre a prevenção da patologia, há tendência de crescimento do vírus entre essa parcela da população. Um levantamento feito com mais de 35 mil jovens de 17 a 20 anos indica que, em cinco anos, a prevalência do vírus nesse público passou de 0,09% para 0,12%.
Na cidade de Palmeira dos Índios já foi implantado o teste rápido de HIV/Aids. Os testes são gratuitos e podem ser feitos todos os dias no Posto Vida.
De 1980 a junho deste ano, foram registrados 592.914 casos de Aids no Brasil, de acordo com o Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais, do Ministério da Saúde. Ao longo desse período, mais de 220 mil mortes ocorreram em decorrência da doença.

Contaminação
A contaminação pelo vírus acontece principalmente pela relação sexual. O vírus da Aids pode ser encontrado no sangue, no esperma, na secreção vaginal e também no leite materno das pessoas já infectadas pelo vírus. Após a transmissão, a doença pode demorar até 10 anos para se manifestar através de sintomas como febre alta, diarréia constante, crescimento dos gânglios linfáticos, perda de peso e erupções na pele.
Após esse período, quando a resistência começa a cair ainda mais, várias doenças oportunistas começam a aparecer, entre elas a pneumonia, alguns tipos de câncer, problemas neurológicos, perda de memória, dificuldades de coordenação motora. Caso não sejam tratadas de forma rápida e correta, estas doenças podem levar o soropositivo à morte em pouco tempo.

Prevenção
A prevenção contra a Aids é feita evitando-se todas as formas de contágio. Com relação à transmissão via relação sexual, a maneira mais indicada é a utilização correta de preservativos durante as relações sexuais, sejam eles masculinos ou femininos. Outra maneira é a utilização de agulhas e seringas descartáveis em todos os procedimentos médicos.

Tratamento
Como não há um medicamento que cure a doença, há princípios ativos que fazem o controle do vírus na pessoa com a doença, sendo o mais utilizado o AZT (Zidovudina). A principal função do AZT é impedir a reprodução do vírus da Aids ainda em sua fase inicial. Outros medicamentos usados no tratamento da Aids são: DDI (Didanosina), DDC (Zalcitabina ), 3TC ( Lamividina ) e D4T (Estavudina).

Conheça dez mitos sobre a enfermidade, que fazem parte da campanha 10 Mitos e 1 Verdade: a Aids existe. Previna-se, realizada em São Paulo pelo Instituto Kaplan - Centro de Estudos da Sexualidade Humana, com o apoio da Abbott. As explicações abaixo são de Camila Macedo Guastaferro, psicóloga, educadora sexual e coordenadora de projetos do Instituto Kaplan.
1 - HIV e Aids são a mesma coisa
O HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana) é o vírus causador da Aids (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida), doença que ataca o sistema imunológico. Há muitas pessoas soropositivas (com o vírus) que vivem durante anos sem desenvolver a síndrome.
2 - Não é preciso se preocupar com a Aids porque já existe tratamento
Em primeiro lugar, a Aids tem tratamento, mas não apresenta cura. Além disso, os medicamentos devem ser tomados por toda a vida e podem causar efeitos colaterais, como diarreia e vômito.
3 - Quem é HIV positivo não precisa fazer sexo seguro
Sexo sem proteção pode fazer com que a pessoa entre em contato com outro subtipo de HIV ou ainda aumente a sua carga viral. Fora isso, abre espaço para contrair outras doenças sexualmente transmissíveis.
4 - Sexo oral não transmite o HIV
O sexo oral também proporciona contato direto com secreções sexuais e, caso haja algum ferimento na boca ou no tubo gástrico de quem o faz, pode ocorrer a transmissão, sim.
5 - Um casal virgem não corre risco de pegar HIV
O vírus não é transmitido apenas pelo sexo. Pode-se contraí-lo ao compartilhar seringas e agulhas; em transfusão de sangue contaminado; durante o parto normal. Portanto, alguém virgem pode ser portador do vírus e passá-lo.
6 - Quem tem parceiro fixo não precisa usar camisinha
Mesmo se for feito um teste que comprove que o parceiro não é portador do HIV, ele pode adquirir depois.
7 - Quem tem HIV não pode ter filhos
Se o casal tem algum portador do vírus, é importante procurar por um médico para indicar as formas de evitar a transmissão para o filho e o parceiro. Vale mencionar que o HIV não afeta a fertilidade.
8 - A Aids pode ser transmitida pelo beijo
A saliva não tem carga viral suficiente para transmitir a doença. Mas, se o portador tiver um sangramento considerável na boca e o parceiro apresentar uma ferida, pode haver contágio. A situação é rara.
9 - O teste de HIV só deve ser feito quando há suspeita de Aids
É importante descobrir o vírus o quanto antes para evitar a Aids e suas complicações. Portanto, quem praticou sexo inseguro, compartilhou seringas e teve contato com sangue deve fazer o teste.
10 - Quem tem HIV desenvolverá Aids, inevitavelmente
O tratamento oferece a possibilidade de a Aids não se manifestar.

 

 

Carlos Alberto Jr.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Palmeira dos Índios promove primeira edição de Fórum de Vigilância Sanitária

 O evento acontece a partir das 19 horas, no auditório da Unimed Palmeira dos Índios e é aberto ao público.
No evento, acontecerão cinco palestras com profissionais da saúde estadual (veja programação abaixo) apresentando temas importantes para a população em geral. Entre os temas abordados, você vai saber como adquirir alimentos seguros, evitar a intoxicação alimentar dos seus filhos, aprender a conservar melhor os alimentos, os perigos da automedicação, como reconhecer uma farmácia legalizada e principalmente medicamentos falsificados, além de direitos e deveres, entre diversos outros assuntos.
Segundo a Coordenadora de Vigilância Sanitária de Palmeira dos Índios, Dra. Andreia Herculano, o fórum traz assuntos do cotidiano que muitas vezes passam despercebidos. “São temas importantes para a saúde e bem-estar de qualquer pessoa, daí a importância do evento que tem sua primeira edição aqui na cidade”, explicou.
“As palestras serão importantes, pois abordarão, de forma objetiva, informações úteis e situações corriqueiras que passam despercebidas pela população no que diz respeito aos cuidados com a saúde”, conclui a coordendora.

 

Assessoria

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Prefeito se reúne com Secretários para estudo e avaliação dos Indicadores dos do Selo Unicef

 O Prefeito de Palmeira dos Índios James Ribeiro (PSDB) e Secretários municipais reunem-se na sede do município para análise e avaliação dos processos de desenvolvimento de ações voltadas ao atendimento de crianças e adolescentes.
As ações são nas áreas de saúde, educação e proteção para o alcance de melhores indicadores e para conquista do Selo Unicef Município Aprovado nessa edição 2009/2012. No segundo momento a reunião aconteceu com os profissionais qua atuam na área da educação.
O Selo UNICEF é uma proposta que mobiliza pessoas para melhorar a qualidade de vida das crianças e adolescentes do município. Gestores e a comunidade são provocados a observar, acompanhar e transformar a realidade em que vivem meninos e meninas.
Os municípios que mais conseguem avançar em um ciclo de quatro anos conquistam o reconhecimento internacionalmente com o Selo UNICEF Município Aprovado.
O Comitê Pró-Selo reuni-se mensalmente para discutir indicadores sociais, traçar metas e estratégias de ação, avaliar e fortalecer políticas públicas, bem como promover a participação social das crianças, adolescentes e comunidades por meio de atividades de esporte, cultura e educação.
Para isso tudo acontecer nos prazos combinados, com qualidade, é importante o município tenha um grupo comprometido, que seja referência sobre o processo do Selo, que reúna as informações e organize o trabalho.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Transito caótico em Arapiraca volta a ser criticado no Legislativo

 Com a presença de professores, alunos, presidentes de partidos políticos e líderes comunitários, a Câmara Municipal de Arapiraca realizou na noite desta terça-feira 23, sessão ordinária.

Na sessão foi aprovada indicação do vereador Tarcizo Freire (PMDB), solicitando ao Superintendente da SMTT, Severino Lúcio, a presença em uma das sessões do Legislativo, do engenheiro especialista para falar sobre o trânsito caótico em Arapiraca.

Tarcizo Freire, classificou como um dos piores do Brasil o trânsito da cidade, afirmando, que o motorista que dirigr em Arapiraca, também consegue dirigir na Índia, país onde o trânsito é considerado como mais complicado e desorganizado do mundo.

O vereador classificou o trânsito como uma bagunça total, lembrando, que a situação fica mais complicada ainda, com carroças-de-mão, carroças de burros e biclicletas se misturando na hora com maior fluxo de veículos.

Para o vereador,, é preciso que a SMTT faça uma ampla campanha de orientação e conscientização para que os motoristas respeitem as leis do trânsito e com isso, a cidade possa conviver pacificamente sem tantos acidentes, em sua grande maioria, com vítimas fatais.

Também foi aprovada indicação do vereador João dos Santos (PMDB), solicitando à secretaria municipal de Obras e Viação, construir uma ponte no Riacho Perucaba, acesso ao novo Matadoro Municipal.

De acordo com o vereador João dos Santos, é necessário que se faça a construção da ponte, justamente antes do início das chuvas para não atrapalhar as obras que estão sendo realizadas naquele local, denominada de Parque das Arapiraca.

Também foi aprovada Moção de Aplauso de João dos Santos, pelo aniversário do monsenhor José Neto, pároco da Igreja de Santo Antônio, no bairro de Cacimbas, que comemorou na última segunda-feira, 22, 76 anos de idade.

Em sua justificativa, o parlamentar ressaltou a simplicidade do religioso, destacando que ele não gosta nem de ser homenageado, tamanha é a sua simplicidade.

Aniversário sacerdotal de Monsenhor Aldo Brandão

A vereadora Gilvania Barros, também falou do monsenhor Aldo de Melo Brandão, lembrando que também na última segunda-feira, padre Aldo comemorou 52 anos de vida sacerdotal, onde através dos ensinamentos de Deus, tem levado a palavra paz e harmonia à comunidade católica de Arapiraca.

Ainda de autoria de Gilvania Barros, foi aprovado Voto de Aplauso pela passagem dos 20 anos de existência da Unimed em Arapiraca, através dos relevantes serviços prestados à população.

Em sua justificativa, Gilvania Barros, lembra que em 1990, a Unimed iniciou suas atividades em Arapiraca, com apenas 23 associados e hoje, conta com milhares deles, que recebem uma excelente assistência médica.

Ao longo dos 20 anos, segundo a vereadora, a entidade modernizou-se e ampliou seus quadros para melhor atender aos associados que contam com o que há de melhor em assistência médica. Ela também ressaltou o importante trabalho social realizado pela Unimed em vários segmentos da sociedade arapiraquense.

Repudio a 5ª CRE

Porém, um dos pontos mais marcantes da sessão da noite de ontem, aconteceu com a leitura pela vereadora Graça Lisboa, de uma nota de repúdio à 5ª Coordenadoria Regional de Ensino em Arapiraca, que tem como coordenadora Mônica Pessoa, que afastou sumariamente de suas atividades, as técnicas pedagógicas Alessandra Nely, Anapuan Monteiro, Etelvina Janiete, Rizomar e Tânia Lúcia Carvalho.

Ainda segundo a nota, a coordenadora afastou as técnicas pedagógicas, sob o argumento de que elas não estavam adequadas a nova equipe de trabalho. Ainda de acodo com a Nota de Repúdio, lida pela vereadora Graça Lisboa, a remoção das técnicas trata-se de perseguição política, principalmente porque eram contrárias aos interesses pessoais da coordendora da 5ª CRE em Arapiraca.

Ainda também de acordo com o documento lido pela vereadora Graça Lisboa, na tribuna da Câmara Municipal de Arapiraca, na noite de ontem, até o secretário estadual de Educação, Rogério Teófilo, um arapiraquense, também compactuou com os atos absurdos e também com o conhecimento do próprio governador Téo Vilela.

A Nota de Repúdio, encerra com a pergunta: "É esta a educação que o Programa Geração Saber, almeja para os alagoanos?

Por sua vez, o presidente da Câmara Municipal, Josias Albuquerque, disse que também não concorda com as atitudes tomadas pela Coordenadora da 5ª CRE, mas disse acreditar, que o governador Teotônio Vilela não tem conhecimento do fato e que hoje mesmo, quando terá uma audiência com o próprio governador, vai tratar do assunto e pedir providências, para que fatos desta natureza, não voltem a acontecer.

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Crianças quilombolas recebem atendimento de saúde no povoado Bonifácio

 Nesta terça-feira (23), a equipe de técnicos da Secretaria Municipal de Saúde de Palmeira dos Índios inicia atividades de atendimento a 85 crianças matriculadas na creche da Escola Mary Sampaio Caparica, localizada no povoado Bonifácio, uma das áreas de quilombolas remanescentes no Estado de Alagoas na área serrana da cidade.
Entre os serviços a serem disponibilizados, esta parte da população, que também envolve as mães das crianças, passará por etapas como pesagem, vacinação, encaminhamento para exames, em caso de necessidades, além de palestras sobre a importância do aleitamento materno, entre diversas outras ações.
De acordo com a diretora da Escola Mary Sampaio Caparica, Auta Tânia do Nascimento Lima, que também moradora do povoado, a ideia é fazer essas ações com mais periodicidade. “Nossa intenção é de que esses serviços, tão importantes para qualquer pessoa, sejam feitos em nossa escola a cada quinze dias. Sabemos das necessidades dessa parcela da população e queremos, ao menos, minimizar os problemas. O apoio da Secretaria Municipal de Saúde está sendo fundamental para diversificar nossos projetos com a comunidade quilombola”, explicou.
Segundo o Secretário Municipal de Articulação Política, Antonio Fonseca, foram criadas seis coordenadorias para atender a população que reside nos povoados de Palmeira dos Índios. “Estamos com ações integradas entre as secretarias de Saúde, Ação Social, Agricultura e Educação e os resultados já podem ser observados nesta parte da população”, afirmou Fonseca.
No caso das crianças, estão sendo feitas todos os dias cinco refeições. “Isso graças ao empenho da equipe da Secretaria [Municipal] de Saúde. Antes a taxa de desnutrição era elevada entre os alunos da creche. Em poucos meses, nossas crianças apresentam índices satisfatórios de nutrição. Agora é passar para a etapa seguinte que é cuidar ainda mais da saúde de todas elas e também das respectivas famílias”, concluiu a diretora Auta Tânia.


Assessoria

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Novo cardápio da merenda escolar 2010/2011 é apresentado em Palmeira dos Índios

 Em ato realizado na Escola Gerson Jatobá foi apresentado o cardápio escolar elaborado por nutricionistas da secretaria municipal de Educação o cardápio escolar para o período 2010-2011, em todas as escolas da rede municipal de ensino.
O ato de apresentação do cardápio elaborado pela nutricionista Ioná Monteiro Ferro, contou com a presença do prefeito James Ribeiro (PSDB) vice-prefeita, Verônica Medeiros (PTdoB) secretario de Articulação Política, Antonio Fonseca, secretária municipal de Educação, Márcia Bezerra, representantes do Conselho de Alimentação Escolar, secretários municipais, diretores de escolas e merendeiras.
Desde que assumiu os destinos do município em janeiro de 2009, o prefeito James Ribeiro vem dedicando uma atenção muito especial a Educação e, sobretudo a merenda escolar fato reconhecido por professores, alunos e pais de alunos.
O programa da merenda escolar em Palmeira dos Índios atende a 11.500 alunos da rede municipal de ensino com alimentação farta de qualidade e com acompanhamento de nutricionistas.
Cinco programas estão incluídos, programa creche que atende crianças na faixa etária de 01 a 03 anos. Ensino Fundamental 1ª a 8ª série na faixa etária de 06 a 13 anos. Educação de Jovens e Adultos – (EJA) adultos. Pré-escolares faixas etária de 04 a 06 anos e a creche da comunidade quilombola na comunidade de Tabacaria.
De acordo com a nutricionista Yoná de Araújo Ferro a aquisição de frutas e legumes é feita quinzenalmente, enquanto os produtos não perecíveis são feitos mensalmente. Esta incluída no programa a aquisição de 30% dos alimentos produzidos pela agricultura familiar no município.
O cardápio é modificado a cada dois meses de acordo com as normas do programa
De acordo com a nutricionista Simone Pereira Calheiros, mensalmente são consumidos pelos alunos da rede municipal de ensino 2.175 quilos de carne de gado moída, 2 mil quilos de frango, 2.315 quilos de charque, além de 2.680 unidades de ovos. Faz parte do cardápio frutas a exemplo de maça, banana e laranja.
Alimentação saudável e adequada
Em Palmeira dos Índios de acordo com a orientação do prefeito James Ribeiro (PSDB) repassado para a secretária municipal de Educação, Márcia Souza é oferecer merenda escolar de qualidade. O resultado desse investimento consiste no melhor aprendizado, motivação do aluno na freqüência e o mais importante, o crescimento e o desenvolvimento de crianças sadias para o futuro.
A participação do Conselho de Alimentação Escolar é fundamental nesse processo no controle da merenda escolar. Esse Conselho é um órgão colegiado deliberativo e autônomo composto por sete membros, sendo composto por pais de alunos, professores e de representantes da sociedade civil organizada.
A pasta da Educação em Palmeira dos Índios cumpre a resolução do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação oferecendo alimentação saudável e adequada, a qual compreende o uso de alimentos variados, seguros, que respeitem a cultura, tradições e hábitos alimentares saudáveis, em conformidade com a sua faixa etária.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Prefeito de Colônia Leopoldina retorna ao cargo após julgamento do TJ

 O prefeito eleito foi afastado da prefeitura há 11 dias por decisão do juiz Yuli Rotter Maia, baseada na falta de registro de arrecadação dos recursos nos cofres de Colônia Leopoldina. O dinheiro era proveniente de taxas pagas em feira livre e no matadouro da cidade.

A defesa de Casio alegou que o motivo de seu afastamento seria infundado uma vez que durante toda a investigação dos órgãos fiscalizadores, o prefeito e seus assessores nunca tentaram impedir o trabalho fiscal e que a prática desta forma de pagamento aos trabalhadores do matadouro era realizada desde 1996 e que nunca existiu “caixa 2”.


”modificações serão necessárias para deixar todas as contas públicas transparentes, mas o afastamento me espantou uma vez que nunca tentei impedir qualquer tipo de investigação no município, pelo contrário, sempre atendi às solicitações do Ministério Público e de outros órgãos fiscalizadores e Ainda que após oitiva dos funcionários ficou confirmado o recebimento dos vencimentos”, explicou.

O Tribunal de Justiça de Alagoas determinou o retorno imediato do prefeito Cássio Alexandre ao cargo, entendendo que as investigações do MPE não tiveram nenhum prejuízo e que sempre existiu boa vontade em fornecer os documentos municipais quando solicitados.

A decisão de afastamento que causava grande movimentação na cidade em razão do pagamento salarial foi sanada, nesta manhã, pelo prefeito. “Os servidores municipais que temiam sofrer com atrasos em seus vencimentos podem se acalmar, o direito de receber seus salários em dia é uma garantia da nossa gestão, que segue o exemplo dos últimos 10 anos, em que os servidores municipais mensalmente recebem seus salários dentro do mês trabalhado”, esclareceu Casio.

Else Freire - Assessoria

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Vereador assegura que nada está sendo feito em Alagoas para conter a violência

 O vereador por Arapiraca Adalberto Saturnino (PMDB) assegurou da tribuna da Câmara Municipal que, apesar dos constantes apelos da população arapiraquense ao governador Teotonio Vilela Filho (PSDB) nada está sendo viabilizado para conter os índices de violência no Estado.
De acordo com o vereador é necessário medidas enérgicas no sentido de conter os altos índices de violência e criminalidade que intranqüiliza a população arapiraquense e alagoana.
De acordo com o vereador que faz parte do bloco de apoio ao prefeito Luciano Barbosa (PMDB), em 2009, uma comissão de 12 vereadores de Arapiraca, esteve reunida no Palácio República dos Palmares com a alta cúpula da Segurança Pública, exigindo soluções imediatas para o grave problema da Segurança Pública.
Ele ressaltou, que naquela oportunidade, o governador Teotônio Vilela, havia falado para os vereadores, que não tinha recursos necessários para investir na Segurança Pública, porém, garantiu, que mandaria para Arapiraca, alguns militares que participaram no Rio de Janeiro, de cursos junto a Força Nacional de Segurança, mas que até a presente data, isso não teria acontecido, o que lamenta muito.
Já o presidente da Mesa Diretora Josias Albuquerque (PMDB) assegurou, que sendo um dever do Estado oferecer Segurança Pública para a sociedade, os órgãos municipais também tem a sua parcela de responsabilidade, citando como exemplo a Prefeitura de Arapiraca, alertando que existe no município um Conselho Municipal de Segurança e que se reúne mensalmente para discutir e encontrar soluções para o problema da violência.
Josias Albuquerque lembrou, que apesar de toda a onda de violência no Estado, o governador Teotônio Vilela tem se mostrado preocupado com o assunto.
“O próprio governador tem se manifestado sobre a questão da violência, citando como exemplo, as 32 mortes de moradores de rua de Maceió, onde exigiu da cúpula de segurança pública, a elucidação e esclarecimentos sobre os assassinatos em série.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.
Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com