Roberto Gonçalves
Roberto Gonçalves

Postado em 15/04/2014 às 07:26 0

Carimbão e Maurício Quintela esvaziam chapa de Biu de Lira


Por Roberto Gonçalves

A saída do deputado federal Givaldo Carimbão (Pros) para frente de oposição liderada pelo senador Renan Calheiros (PMDB) e o silencio do deputado federal Maurício Quintela (PR) que estaria analisando o quadro para salvar sua reeleição para a Câmara dos Deputados poderá esvaziar a coligação do senador Benedito de Lira (PP) pré-candidato ao governo do Estado.

Outro problema na coligação do senador pepista é a possibilidade da não candidatura à reeleição do deputado federal João Lyra (PSD) que enfrenta sérios problemas com a falência das suas empresas confirmada pelo Tribunal de Justiça de Alagoas em 19 de fevereiro ultimo.

Com a inviabilidade da candidatura à reeleição de João Lyra, a reeleição de Artur Lira (PP) fica complicada que passa a concorrer com o deputado estadual  João Henrique Caldas – (JHC) na coligação.

Uma das alternativas para alianças seria a convocação do ex-vereador por Arapiraca, Júlio Houly (PP) para reforçar a coligação para a Câmara dos Deputados. Houly, já estaria sido consultado para a possibilidade de sair candidato a Câmara dos Deputados.

Para o deputado federal Maurício Quintela, uma das alternativas para salvar o seu projeto de reeleição seria uma aliança com o PSDB do governador Teotônio Vilela Filho. 

Por outro lado, o Blog do Jornalista Bernardino Souto maior veicula uma declaração do deputado federal Maurício Quitela - 

"Questionado sobre a possibilidade de uma conversa com o governador tucano Teotônio Vilela para fazer uma aliança na proporcional com o PSDB e apoiar Eduardo Tavares ao governo, o deputado federal Mauricio Quintella , disse "não".

Segundo ele," nem conversei com o PSDB sobre o assunto."

Quintella afirmou que anteriormente, disse ao governador Teotônio Vilela de quem sou aliado, que "trabalharia para viabilizar a candidatura do senador Benedito de Lira ao governo do Estado e é o que estou fazendo."


Postado em 15/04/2014 às 03:32 0

Nova adutora do Agreste está com 90% das obras concluídas


Por Assessoria.

As obras de construção do novo sistema adutor do Agreste - que reforçará o abastecimento de água de Arapiraca e de nove outros municípios da região -, já estão na reta final. A implantação da adutora está praticamente concluída em seus 57 quilômetros de extensão, onde constam a estação de captação, o "booster", o reservatório, a estação de tratamento de água (ETA) e a adutora de interligação entre a estação de tratamento e a rede de distribuição de água de Arapiraca que estão com 90% de suas obras prontas.

"O estágio em que os serviços se encontram nos deixa tranquilos", afirmou o presidente da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), Álvaro Menezes, em visita realizada às obras da nova adutora, recentemente. Ele recebeu da CAB Águas do Agreste, empresa parceira da Casal no contrato da parceria público-privada(PPP) para construção do novo sistema adutor, a garantia de que as obras serão concluídas conforme o cronograma, três meses antes do prazo contratual.

Na visita, Menezes esteve acompanhado do gerente técnico-operacional da CAB Águas do Agreste, Paulo Clé. Eles percorreram todo o trajeto da adutora, desde Arapiraca até a margem do Rio São Francisco, no município de Traipu, onde está sendo construída a estação de captação de água. Foram vistoriados os serviços da captação, do "booster", do reservatório, da adutora de água bruta, da estação de tratamento e da adutora de água tratada que interliga a estação de tratamento à rede de distribuição de Arapiraca.

A obra

A nova adutora do Agreste possui 57 Km de extensão e 700mm de diâmetro. A água é captada no Rio São Francisco e impulsionada por meio de um "booster"até um reservatório com capacidade de 4.000m³, na Serra dos Manões, na divisa dos municípios de São Brás e Traipu. De lá, segue por gravidade até a estação de tratamento situada em Arapiraca. Depois de tratada, a água passa por uma adutora de 5 km de extensão até chegar ao anel e ao reservatório de distribuição da Casal.
Com o contrato de parceria público-privada, por meio do qual a Casal está investindo R$ 143 milhões na recuperação das adutoras existentes e na implantação da nova adutora, a produção de água do sistema coletivo do Agreste passará dos atuais 1.500m³/h (metros cúbicos por hora) para 3.000m³/h.

O empreendimento vai beneficiar 400 mil pessoas e os setores comercial e industrial, contribuindo para impulsionar o desenvolvimento da região, que atualmente sofre com a escassez de água.


Postado em 13/04/2014 às 17:58 0

Pit Bull ataca o dono e mata em Palmeira dos Índios


Por Roberto Gonçalves

Um jovem identificado Rafael Deodato da Silva, 23 anos, residente na Rua Otávio Barbosa, bairro Vila Maria em Palmeira dos Índios, foi atacado e morto por um cão da raça Pit bull. O fato foi registrado no final da tarde deste domingo (13).

O animal era criado pelo jovem há dois anos, apresentava comportamento dócil e convivia no ambiente familiar. Num desses ataques de fúria, característica da raça, segundo estudiosos, o animal atacou de forma violenta o jovem  desferindo várias mordidas em várias partes  dono, que não resistindo aos ferimentos faleceu no local. Rafael Deodato da Silva teve morte por estrangulamento.

A família não quis falar sobre o assunto, evitando a imprensa para maiores esclarecimentos. Segundo informações do 10º batalhão, sediado em Palmeira dos Índios, a pedido da família o animal foi sacrificado.

O corpo do jovem foi removido para o Instituto Médico Legal de Arapiraca – IML para o procedimento de necropsia. 


Postado em 13/04/2014 às 07:37 0

Julgamento de Collor no STF provoca reviravolta nas eleições em Alagoas


Por Roberto Gonçalves

O julgamento pelo Supremo Tribunal Federal que ocorrerá no próximo dia 24 deste mês, de ação penal contra o senador Fernando Collor (PTB-AL) denunciado sob acusação de peculato, falsidade ideológica e corrupção passiva, provoca forte impacto nas eleições 2014 em Alagoas. O projeto político de Collor de reeleição antes desse fato vinha enfrentando fortes resistências no âmbito do Chapão.

 

Varios nomes foram citados pela oposição para substituírem Collor como pré-candidato ao Senado, sendo o nome com maior aceitação e densidade eleitoral o do ex-vice-governador José Wanderley Neto (PMDB), que possui excelente transito entre o presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB) e o governador do Estado, Teotônio Vilela Filho (PSDB).

 

Em outro segmento do cenário político alagoano a ex-senadora e vereadora por Maceió, Heloísa Helena (Psol), vem demostrando que é forte concorrente de acordo com as pesquisas divulgadas na semana que passou e vem recebendo demonstração de apoio público de setores importantes da política alagoana a exemplo de um importante escritório jurídico de renome nacional.

 

O Senado merece uma representação melhor e mais digna para Alagoas, Heloisa Helena quando ocupou o mandato no período de 1998 a 2006, teve como primeiro suplente, o arapiraquense Severino Lúcio que em 1998 era filiado ao PSB e em seguida migrou para o PSDB. Ao final do seu mandato em 2006, Heloísa foi destaque nacional sendo candidata a presidência da República quando obteve 6.575.393 votos de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral – (TSE).    

 

 

 


Postado em 12/04/2014 às 09:20 0

Anatel fecha Rádio Metropolitana de Arapiraca


Por Roberto Gonçalves

A Rádio Metropolitana de Arapiraca que entrou no ar no ano passado com estúdio localizado na Avenida Rio Branco no centro comercial de Arapiraca foi lacrada pela Anatel na tarde desta sexta-feira, 11, por várias irregularidades.
De acordo com as primeiras informações a emissora com concessão para rádio comunitária estaria funcionando com uma frequência que pertence ao grupo do deputado federal João Henrique Caldas com concessão para a cidade de Major Izidoro com apenas 300 wats de potencia com raio para a cidade e a Bacia leiteira do Estado. A emissora operava na frequência 97,9 canal FM.
Em Arapiraca a emissora  funcionava como rádio comercial inclusive com a veiculação de comerciais de inúmeras empresas arapiraquenses e veiculação institucional da Prefeitura Municipal de Arapiraca.  A emissora apresentava programas jornalísticos ancorados pelos radialistas Ailton Avlis e Edvaldo Silva. 

 


Postado em 11/04/2014 às 17:11 0

Oposição reúne lideranças em Penedo e anuncia para final do mês nome do pré-candidato ao governo


Por Roberto Gonçalves

O 5º Encontro Regional Alagoas Realidade e perspectivas reuniu durante todo o dia desta sexta-feira, 11, no Ginásio do Sesi na cidade de Penedo lideranças políticas de todo o Estado. O objetivo, segundo os organizadores do evento foi traçar um diagnóstico dos principais problemas do Estado e propor soluções para colocar o Estado no caminho do desenvolvimento econômico e social. O evento foi promovido pela União dos Vereadores do Estado de Alagoas  - (Uveal).
O encontro contou com a presença dos senadores, Renan Calheiros (PMDB) e Fernando Collor (PTB)  ministro do Turismo Vinicius Lages, deputados federais, Renan Filho, Rosinha da Adefal (PTdoB) Givaldo Carimbão (Pros)Francisco Tenório (PTN) deputados estaduais Ricardo Nezinho (PMDB) Judson Cabral (PT) Dudu Holanda , Edval Gaia Filho (PSDB) João Beltrão) Tahise Guedes, ex-governador Moacir Andrade, bispo diocesano de Penedo, dom Valério Breda, além de representantes de 17 partidos políticos, 86 prefeitos e 500 vereadores segundo foi anunciado pelo cerimonial. 
O primeiro a fazer a saudação na abertura dos trabalhos foi o prefeito de Penedo, Marcius Beltrão (PMDB) que falou da importância dos encontros realizados anteriormente e das ações  pleiteadas  e solucionadas citando como exemplo a renegociação das dividas dos trabalhadores rurais. Falou da importância de Penedo ser palco das discussões. Afirmou que Alagoas se encontra em uma situação critica.

Apresentação de um diagnóstico 

O ex-governador Ronaldo Lessa, (PDT) em seu discurso, informou  que o ex-prefeito de Arapiraca, Luciano Barbosa (PMDB) fará um diagnóstico de todos os encontros realizados e após  ouvir lideranças fará um resumo das realizadas de Alagoas  com a proposta e um projeto de governo que recupere Alagoas. O ex-prefeito, Luciano Barbosa após apresentar um diagnostico sobre os eventos anteriores realizados, afirmou que aquele encontro simboliza o esforço do povo numa demonstração de unidade. 
Barbosa falou de um trabalho que será apresentado nas comemorações do bi-centenário de Alagoas em 2017, que envolve intelectuais, professores da Universidade Federal de Alagoas – Ufal,  com a redação de um documento enfocando três grandes problemas com foco na baixa capacidade de gerar riquezas e nos indicadores da violência, que assusta, e nos altos índices de analfabetismo com 22,5% de analfabetos. Citou em seguida, os altos índices de analfabetos funcionais. 
O deputado federal Paulo Fernandes (PT) Paulão, destacou a passagem dos 50 anos do golpe militar e ressaltou a participação dos alagoanos plantando a semente da democracia e destacou o ex-governador Ronaldo Lessa. Afirmou da necessidade do grupo anunciar o candidato a governador. Paulão defendeu o nome do deputado federal Renan Filho, afirmando que tem experiência e vivencia estratégica em favor de Alagoas.
O parlamentar petista teceu criticas aos altos índices de violência em Alagoas, e criticou as colocações do ex-secretário de Estado da Defesa Social, Eduardo Tavares quando afirmou “Que segurança em Alagoas nem santo resolve”. O ex-secretário não teve capacidade de gerenciar o processo, detonou. 
O deputado federal Renan Filho (PMDB) destacou o trabalho de toda a bancada de Alagoas no Congresso Nacional na liberação de emendas através do Orçamento da União para  desenvolver o turismo com a duplicação da BR-101, o Canal do Sertão, novos shoppings o dinamismo do Comércio em Maceió e Arapiraca e o Centro de Convenções de Arapiraca cujos recursos estão assegurados através do Ministério do Turismo. 
Afirmou da necessidade de se construir um plano sólido para Alagoas, “precisamos enfrentar o desafio de fazer mais pela educação, pelo crescimento econômico e uma Alagoas digna, humana que atenda aos anseios da coletividade” completou Renan Filho. O ex-prefeito de Maceió, Cícero Almeida (PRTB) afirmou que desta mesa sairá o governador de Alagoas. “Estamos discutindo internamente um plano para Alagoas.” “Estão brincando de fazer política com Alagoas” Estamos juntos e preparados para eleger o governador de Alagoas, completou. Afirmou Almeida que esta escolha é para o bem de Alagoas, e não aceitamos o que está ocorrendo hoje. 

Senador Collor diz que a união está se consolidando 

Em seu discurso, o senador Fernando Collor afirmou que a unidade em favor de Alagoas está se consolidando para um programa de governo um programa de vida para um estado que acalenta esperança de que se reproduza em políticas públicas de qualidade. Falou da necessidade de trabalhar as políticas públicas na educação, uma vez que sem essa ação não podemos combater a violência. Afirmou ser justa a reivindicação dos prefeitos na luta pelas perdas de recursos. Os 2% serão concedidos é uma justa reivindicação. 
Afirmou o senador,  que o próximo governador de Alagoas sairá das fileiras da oposição. “Alagoas passa por um momento difícil na sua principal atividade econômica a indústria canavieira precisamos avançar ainda mais chega de indústrias de anúncios publicitários”. Afirmou o senador que 98% das obras realizadas em Alagoas são provenientes de recursos do Governo Federal . Collor fez um apelo para salvar o Rio São Francisco que está morrendo e pedindo socorro. “vamos salvar o Velho Chico” apelou. 
Finalizando, agradeceu a presença de todos afirmando ser o encontro, um ato de fé em relação ao futuro e aos anseios do povo alagoano. O prefeito de Pão de Açúcar, Jorge Dantas, presidente da Associação dos Municípios Alagoanos – (AMA) afirmou em breve discurso, que ali não estava um filiado do PSDB, e sim um municipalista e teceu criticas ao modelo concentrado de recursos do Governo Federal. “Todos  os presidentes possuem  a mesma ideologia de concentrar os recursos em Brasília.” Dantas defendeu a liberação dos recursos dos  do petróleo e dos royalties que se encontram engavetados há um ano no Supremo Tribunal Federal. 

Unificar os partidos 

O senador Renan Calheiros falou da necessidade da unificação dos partidos e destacou a presença de dom Valério Breda no encontro como emblemática e enriquecedora. Disse o mesmo ao se referir a presença do ex-governador Moacir Andrade. Afirmou que será lançado um portal em Alagoas com as propostas do governo e as transformações. Afirmou que vai buscar a autorização dos partidos para indicar o pré-candidato ao governo de Alagoas. “O lado de lá já escolheu o pré-candidato ao governo, vamos envolver o povo, pois é fundamental a participação dos estudantes”.  Precisamos potencializar este Estado participando do debate e não no embate,  completou.  Encerrou afirmando que no final de abril apresenta o candidato ao Governo de Alagoas. 

 


Postado em 10/04/2014 às 05:58 0

Encontro da Frente de Oposição é a expectativa dos alagoanos nesta sexta-feira, 11, em Penedo


Por Roberto Gonçalves

O encontro da Frente de Oposição, liderado pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB) é a grande expectativa dos alagoanos nesta sexta-feira (11), no Ginásio do Sesi, na cidade ribeirinha de Penedo.

O objetivo do encontro político é dar uma demonstração de liderança e força política no evento “Alagoas, Realidade e Perspectivas”. O evento vai reunir prefeitos, vereadores, incluindo dirigentes de partidos políticos envolvendo os que estão no campo neutro.

A grande expectativa será o possível anuncio do pré-candidato da Frente de Oposição ao Governo do Estado que poderá ser o deputado federal Renan Filho. Nos bastidores, especula-se que um dos nomes mais cotados para vice, é da ex-prefeita e ex-superintendente do Porto de Maceió, Roseane Beltrão do (PT).

O encontro, que vai reunir lideranças da Frente de Oposição e traz desta vez uma novidade: a ausência da Associação dos Municípios Alagoanos -  AMA na mobilização do evento. A entidade passou ao comando do tucano, Jorge Dantas, prefeito de Pão de Açúcar e aliado do governador Teotônio Vilela Filho.   

No grupo do PSDB liderado pelo governador Teotônio Vilela Filho, que anunciou o nome do procurador e ex-secretário de Estado, Eduardo Tavares como pré-candidato a sua sucessão vem mantendo articulações com vistas às alianças para a indicação do nome do pré-candidato a vice-governador.

No mesmo cenário do Palácio República dos Palmares, o ex-secretário de Infraestrutura, Marco Fireman  presidente do diretório municipal do PSDB – Maceió, anunciou que vai continuar “na estrada”, rodando pelo interior de Alagoas, divulgando o trabalho que realizou durante sete anos a frente da pasta de Infraestrutura  ampliando os contatos com lideranças políticas e comunitárias até as convenções. A decisão evidencia que nada está definido no “ninho tucano”

Marco Fireman passou os últimos 45 dias tentando se viabilizar seu nome como pré- candidato a governador do partido, mas foi “surpreendido” com a escolha de Eduardo Tavares. Um dos fatos novos desse evento foi à reação do ex-prefeito de São Sebastião, José Pacheco (PP) que teria mandado retirar na cidade que é dirigida pelo sobrinho Charles Pacheco, o anuncio sobre a realização do evento político. José Pacheco é do grupo do senador Benedito de Lira, pré-candidato ao Governo do Estado.

    


Postado em 09/04/2014 às 06:39 0

Prefeitura de Arapiraca patrocina Paixão de Cristo na Cidade de Maria


Por Roberto Gonçalves

O espetáculo da Paixão de Cristo realizado em anos anteriores com sucesso no Morro Santo da Massaranduba em Arapiraca inclusive com a participação de atores da Rede Globo de Televisão este ano mais uma vez não será realizado.

Apesar de não patrocinar o evento no município a Prefeitura de Arapiraca vai patrocinar o evento na cidade de Craíbas que será realizado no período de 17 a 20 deste mês de abril na Cidade de Maria, coordenado pelo deputado federal Givaldo Carimbão.

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Arapiraca, as empresas não se interessaram em patrocinar o espetáculo, no entando, parte do elenco que participava da Paixão de Cristo em Arapiraca estará atuando no espetáculo realizado no município de Craíbas.

A assessoria de comunicação informou que a Prefeitura de Arapiraca não ajudará na realização do espetáculo com recursos, mas  na divulgação da encenação em vários veículos da Região Metropolitana do Agreste (RMA).

Segundo o produtor Geral Marcos Cordeiro, cerca de 60 pessoas de Arapiraca estão incluídas na equipe técnica e no elenco do espetáculo em Craíbas. Ele acrescentou que o Governo do Estado irá colaborar na divulgação em rede de TV..

 De acordo com a divulgação do espetáculo na Cidade de Maria em Craíbas o complexo teatral, tem capacidade para 20 mil pessoas por apresentação e um estacionamento mil ônibus e 1.500 carros. .


Postado em 08/04/2014 às 12:28 0

Museu Xucurus símbolo da História de Palmeira dos Índios


Por Roberto Gonçalves

O Museu Xucurus foi inaugurado em1971, construído dentro da Igreja do Rosário, em Palmeira dos Indios, a 140 km de Maceió; naquele mesmo ano, foi desativada a estrada de ferro que ligava Palmeira à Maceió, e outras cidades da região inclusive Quebrangulo, terra onde nasceu o celebre romancista Graciliano Ramos. 
Assim como outras cidades do interior nordestino, a Princesa do Sertão, como Palmeira é conhecida, viu a história cortada pelos trilhos ficar para trás. O rastro do período que despontou nos anos 30, no entanto, permaneceu. É justamente o carro de uma locomotiva francesa quem dá as boas vindas ao visitante na Praça Nossa Senhora do Rosário. Mas é entrar na igreja o visitante percebe que o passado palmeirense vai além da ferrovia.
Tomando emprestada a expressão do poeta João Cabral de Melo Neto, o Museu Xucurus é um “museu de tudo”. Apesar do nome (em homenagem aos primeiros habitantes do lugar), não é indígena, tampouco colonial, arqueológico ou fotográfico. E é tudo isso junto também. Algumas funcionárias o definem como um “museu de artes regionais”. Mas o que há é um conjunto de bens representativos da população local e nordestina. São objetos de toda sorte, doados pelo povo – mais de dois mil itens.
Imagens barroco. baú, oratório, louça, máquina registradora, armas da Segunda Guerra Mundial, a metralhadora que pertenceu ao ex-prefeito e ex-deputado Robson Mendes, ferro a brasa,  Tem até um celular . A cada passo, uma surpresa. Em uma das vitrines da parte sacra, chama atenção uma jaqueta branca manchada de sangue. 
Uma das peças do museu é o sino da capela do povoado Meirus, em Pão de Açúcar, que foi derrubado a bala por Virgulino  Ferreira, o “Lampião”. Outra peça é a batina usada pelo ator palmeirense, Jofre Soares, no seriado padre Cícero da Rede Globo de Televisão.     
Foi a veste usada por Antônio Fernandes de Amorim, franciscano da vizinha Quebrangulo (AL), quando foi assassinado (1954). O crime, como inúmeros em Alagoas, teve motivação política. O próprio museu mostra, por exemplo, objetos do ex-prefeito Lauro de Almeida, morto em praça pública por um rival em 1926.
No primeiro andar da igreja, é possível encontrar utensílios da etnia Xucuru Cariri, como igaçabas de barro (urna funerária), cachimbos e até pedras de demarcação do território indígena.  Os escravos são lembrados pelo que sofreram. No segundo andar do museu, nos deparamos com um manequim negro, cujo peito tem estampado o letreiro “Ladrão e fujão”. Vemos ainda instrumentos de tortura e uma liteira, usada para carregar as senhoras brancas pelos escravos. No museu, existe até a cama  “menor homem do mundo”, um palmeirense que tinha 94 cm e viveu 24 anos (1943-1967).
Com tanta coisa à mostra, fica difícil avistarmos um espaço vazio. É tanto que virou quase unanimidade, em Palmeira dos Índios, o desejo de desmembrar o museu em outros, com o mesmo acervo. “A igreja, por si só, é um museu. Foi construída pelos escravos, no início do século XIX. Seria mais do que justo que fosse um museu de arte sacra”, opina o intelectual e psicólogo Jorge Vieira – que prefere a expressão “palmeirindiense” para designar a sua naturalidade. 
 Por causa da coleção extensa e curiosa, dizem que o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) já chegou a considerá-lo o segundo mais importante do Nordeste.
Com título ou não, tornou-se referência de patrimônio e memória na cidade e é visitado mensalmente por cerca estudanres pesquisadores e jornalistas. “O museu tem uma importância enorme. Retrata a história de Palmeira dos Índios o perfil do Sertão nordestino. Vemos o cangaço, o negro, a imposição religiosa, o índio e a vida social e os paramentos do bispo Dom Otávio Aguiar.

 


Postado em 07/04/2014 às 19:24 0

"Abertura da UPA amplia assistência à população” diz presidente da Comissão de Saúde da Câmara


Por Assessoria

“A UPA chega para fortalecer a rede de urgência e emergência e a população é quem ganha com isso”. A declaração é do presidente da Comissão de Saúde na Câmara Municipal de Palmeira dos Índios, vereador Júlio Cezar, que destaca também a união de esforços para garantir o funcionamento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA). “Por diversas vezes debatemos o assunto tanto na Câmara Municipal ou acompanhando reuniões com o prefeito James, o deputado Val Gaia, o secretário estadual de Saúde, Jorge Villas Boas e o governador, Teotonio Vilela” lembrou.
“Vejamos a importância deste equipamento que vai assistir uma população estimada de 300 mil pessoas. Essa UPA não é somente necessária, mas fundamental para a população desta região, principalmente porque ela é a porta de entrada da rede de urgência e emergência. Muitas vidas foram perdidas porque faltou estrutura ou assistência e a UPA chega para ajudar a corrigir isso” disse, Júlio Cezar.
Ainda na avaliação do parlamentar, o Hospital Santa Rita ganha um papel novo no sistema. “O hospital passa por um momento de reestruturação, maior aporte financeiro e novos serviços também como unidade de retaguarda da UPA, Agreste e HGE, RUE, além da ortopedia clínica e cirúrgica que brevemente passará a funcionar no Santa Rita” apontou.
A unidade foi construída há cerca de dois anos, ainda na gestão da então secretária municipal de Saúde, Alexandra Ludugero que contribuiu ainda com outros avanços e conquistas para a região, principalmente os usuários palmeirenses. “A UPA é um instrumento indispensável para ajudar a salvar vidas. Estou muito feliz pela contribuição e oportunidade” revelou a médica, agradecendo ainda o apoio do prefeito James e dos ex-secretários estaduais de Saúde, Herbert Motta e Alexandre Toledo.
O Instituto Pernambucano de Assistência e Saúde (IPAS) – uma Organização Social da Saúde (OS) será responsável pela gestão compartilhada. O Hospital Geral Clodolfo Rodrigues, em Santana do Ipanema, considerado um exemplo bem sucedido deste modelo de gestão. “Não temer o novo é também uma coragem do governo do prefeito James, que tem buscado fortalecer e reestruturar a assistência na área da saúde como esse novo investimento” comentou, o vereador, enaltecendo ainda o trabalho dedicado da atual secretária municipal de Saúde, Verônica Medeiros.
A Organização Social da Saúde atua através de contratos de gestão, cujas verbas são repassadas pelo município. As entidades, por sua vez, administram serviços e unidades de saúde. “É uma experiência exitosa em funcionamento há mais de 15 anos em São Paulo e implantada também em outros estados como: Bahia, Pernambuco, Ceará, Rio de Janeiro, entre outros, com base em metas pactuadas e acompanhamento dos órgãos de controle, e o melhor: totalmente SUS!” finalizou, Júlio Cezar.
Criado para melhorar a triagem de pacientes, o Protocolo de Manchester será utilizado na UPA. Com a implantação deste modelo, o paciente é atendido não por ordem de chegada, mas de acordo com o risco ou gravidade que ele apresenta ao dar entrada no Pronto Socorro. O objetivo é priorizar o paciente que está em estado mais grave.    


Postado em 06/04/2014 às 04:49 0

Governador concede coletiva nesta segunda-feira, 07


Por Roberto Gonçalves

Agência Alagoas

O governador Teotônio Vilela Filho (PSDB) concede uma coletiva à imprensa alagoana na manhã desta segunda-feira, 07, em no Hotel Hadson, na Ponta Verde. Marca presença na coletiva toda a executiva do PSDB.. O que o governador tem a falar após o anuncio da pré-candidatura do secretário de Estado da Defesa Social, Eduardo Tavares a sua sucessão pelo PSDB, é aguardado com muita expectativa.

A segunda expectativa dos alagoanos tem foco no próximo encontro da Frente de Oposição, no próximo dia 11, em Penedo. O evento tem a coordenação do senador Renan Calheiros, que assumiu pessoalmente a organização do encontro  – assim como fez com os anteriores realizados em Santana do Ipanema no alto Sertão e Paripueira no outro extremo do Estado. A dúvida é se o ex-prefeito Cícero Almeida (PRTB) participa ou não do encontro.

 

As últimas duas reuniões do grupo, em Maceió e Arapiraca, foram puxadas por Ronaldo Lessa e o PMDB só participou na reta final. Renan Calheiros e Teotônio Vilela são mestres no tabuleiro da política sabem muito bem manejar as peças, cada qual no seu estilo. Sobre o anuncio do nome de Eduardo Tavares, os arapiraquenses comungam com a colocação de Marco Fireman, presidente do diretório do PSDB Maceió. "Resta fazer uma reflexão para entender o que está acontecendo para depois se pronunciar."   

 

 

 


Postado em 04/04/2014 às 14:55 0

Rodrigo Cunha é nome do PSDB na disputa para a ALE


Por Roberto Gonçalves

Tércio Cappello - Agencia Al.

A pré-candidatura de Rodrigo Cunha, pelo PSDB a Assembleia Legislativa Estadual é o fato novo na eleição 2014 em Arapiraca. Filho da ex-deputada federal Ceci Cunha, possui forte penetração no segundo colégio eleitoral do Estado. De acordo com a determinação da Justiça Eleitoral, Cunha, deixa a superintendência do Procon-Al, para concorrer a uma vaga de deputado estadual em outubro deste ano.

Com domicilio eleitoral em Maceió, Rodrigo Cunha vai concorrer a ALE com os dois deputados estaduais de Arapiraca que concorrem a reeleição, Ricardo Nezinho (PMDB) e Severino Pessoa (PPS), além dos demais pré-candidatos o vereador Tarciso Freire (PSD) e o comunicador Alves Correia (PTB) e outros que poderão surgir até o prazo final das convenções em 30 de junho deste ano.

Rodrigo Cunha, é nome novo, com novas propostas e seu ponto positivo foi o eficiente trabalho a frente do Procon durante sete anos na direção do órgão. De acordo com o Blog do Vilar, Rodrigo Cunha, parte para buscar o chamado voto de opinião com foco na sua atuação positiva no Procon – Al, durante sete anos no governo Teotônio Vilela Filho (PSDB).